Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




quarta-feira, 28 de abril de 2010

Sorri - Smile

SORRI


(Versão com Djavan)



Sorri,


Quando a dor te torturar


E a saudade atormentar


Os teus dias tristonhos,vazios


Sorri,


Quanto tudo terminar


Quando nada mais restar


Do teu sonho encantador, sorri


Quando o sol perder a luz


E sentires uma cruz


Nos teus ombros cansados, doridos


Sorri,


Vai mentindo a tua dor


E ao notar que tu sorris


Todo mundo irá supor


Que és feliz!


Então vamos sorri!!!!!





abs, Carla

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Demorei a aparecer por aqui, mas estou aguardando autorização para postar sobre alimentação. Então amigos, até breve.


abs,

Carla

terça-feira, 20 de abril de 2010

Pâncreas Artificial

"Eu tenho diabetes há 25 anos, descobri quando era criança, e carrego uma bomba de insulina, que é a minha vida, se assim posso dizer. Mesmo assim é difícil”, diz o doutor Aaron Kowalski. “Eu preciso furar os dedos várias vezes ao dia para ver o nível da glicose no meu organismo”.

Mas um aparelho que funciona como um pâncreas artificial pode resolver esse problema. O protótipo, apresentado nesta quarta, mede o glucagon, hormônio que eleva a quantidade de açúcar no sangue.

Manda a informação para um computador, que interpreta os dados, e injeta automaticamente no organismo a quantidade necessária de insulina e glucagon para manter o nível de glicose equilibrado.

Até agora os aparelhos portáteis só aplicavam a insulina e não tinham a capacidade de medir e controlar o nível de açúcar no sangue em tempo real.

O médico, que ajudou na desenvolver o pâncreas artificial, conta que será possível evitar problemas graves provocados pela diabetes, como amputações, cegueira, infartos.

Os pesquisadores fizeram testes e o aparelho funcionou muito bem no controle da diabetes tipo 1. Isso é bom para aproximadamente 10% de todas as pessoas que sofrem com esta doença.

A revista científica Science divulgou nesta quarta o resultado do teste com um pâncreas artificial

Mas os próprios cientistas dizem que vão fazer ajustes no mesmo aparelho para que ele venha a ajudar aqueles que sofrem com a diabetes tipo 2. Aí seria um benefício para quase 300 milhões de pessoas em todo o mundo.



FONTE: globo.com

quarta-feira, 14 de abril de 2010

BOA NOITE



VAMOS TOMAR CONHECIMENTO SOBRE O NOVO CÓDIGO DE ÉTICA MÉDICA PARA TERMOS ARGUMENTOS PARA DIALOGAR....

abs, Carla












NOVO CÓDIGO DE ÉTICA MÉDICA

Novo Código de Ética Médica
12/04/2010 – 14:11 — Fonte: O Tempo

Médicos terão que acatar decisão de pacientes terminais
Amanhã, entra em vigor o novo código de ética médica. Entre as novidades, o documento prevê que os profissionais terão que acatar a decisão de pacientes terminais que não quiserem continuar o tratamento. Atualmente, como não há uma regra clara, e muitos médicos acabam fazendo procedimentos desnecessários, diz o presidente do Conselho Federal de Medicina, Roberto D´Ávila.
Nos demais casos, o médico também terá que pedir o consentimento dos pacientes sobre qualquer procedimento que realizar, a não ser em caso de risco iminente de morte. O texto, no entanto, não determina se isso deverá ser feito por escrito ou não.
O documento também permite que o profissional se recuse a exercer a profissão em locais sem estrutura adequada, com exceção das situações de emergência.
Além disso, a partir de agora, as regras do código passarão a se aplicar ao médico que ocupa um cargo administrativo, como o de secretário de Saúde ou de diretor de hospital. As penalidades vão desde a advertência até a cassação do registro profissional.
O código também incorporou questões relacionadas à inovação tecnológica que não estavam previstas na versão anterior do documento, de 1988. O médico, por exemplo, não poderá escolher o sexo do bebê nos procedimentos de reprodução assistida.
Novas orientações Paciente termina. Médico deverá respeitar decisão de paciente terminal que não quiser fazer procedimentos desnecessários para prolongar a vida.
Consentimento. O médico também terá que pedir consentimento dos pacientes sobre qualquer procedimento, salvo em risco iminente de morte.
Recusa. Médico pode se recusar a exercer a profissão em locais sem estrutura, com exceção das situações de emergência.
Reprodução assistida. Médico não poderá escolher o sexo do bebê.
Relação com indústria. Médico não pode participar de propaganda nem ganhar participação sobre a venda de medicamentos.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Novo Código de Ética Médica entra em vigor


O Portal de Notícias da Globo
13/04/10 - 08h11 - Atualizado em 13/04/10 - 09h24
Novo código de ética médica entra em vigor
Atualizações querem melhorar a relação entre o médico e o paciente. Veja como ficam as novas determinações do código de ética.
Do G1, com informações do Bom Dia Brasil


O novo código de ética médica entra em vigor nesta terça-feira (13). Ele funciona como uma constituição para os médicos. O documento atualiza regras e princípios que o profissional deve obedecer no exercício da profissão.
Veja o site do Bom Dia Brasil O objetivo das atualizações é melhorar a relação entre o médico e o paciente, uma relação que tem ficado cada vez mais abalada por causa das precárias condições em que funciona a saúde pública no país. O novo código de ética médica não vai solucionar a falta de estrutura nos hospitais. Mas deve ajudar a unir as atenções em um único foco. Uma das principais intenções nas alterações no código de ética é melhorar a relação entre médico e paciente. O novo código aborda assuntos complexos como a decisão no caso de um paciente em estado terminal e outros mais simples. O médico deve escrever a receita de forma legível, o que deve melhorar e muito a vida do paciente na hora de comprar um medicamento.

Letra legível Um senhor, de Sorocaba, interior de São Paulo, não consegue se livrar do quisto que surgiu nas costas dele. Ele procurou o médico e até uma cirurgia foi indicada. O problema é que a letra, impossível de traduzir, também impossibilitou que ele levasse o tratamento adiante. A orientação de escrever de forma legível já estava no código anterior, de 1988. São tantos os problemas por causa do garrancho médico, que foi preciso reforçar agora. Mas a comunicação entre paciente e médico, vai além da receita.

saiba mais
Novo código de ética busca mudar relação médico-paciente no Brasil
Novo Código de Ética define como dever do médico garantir 'morte digna'
O novo código diz que o médico vai ter que pedir o consentimento dos pacientes sobre qualquer procedimento que for fazer, com exceção de risco iminente de morte. Ele pode se recusar a fazer atendimentos em locais sem estrutura, com exceção das situações de emergência. Não pode participar de propaganda, nem lucrar com a venda de medicamentos. Se o paciente quiser ouvir uma segunda opinião, o primeiro médico tem que colaborar, inclusive passando informações. O paciente também tem o direito a ter acesso ao prontuário. Em casos da geração de uma criança de forma assistida, o médico não pode escolher o sexo do bebê. E ainda: deverá respeitar a decisão dos pacientes terminais, que não quiserem fazer procedimentos desnecessários para prolongar a vida.

Neste caso, o código sugere o cuidado paliativo. Em vez de simplesmente parar o tratamento, já que fica impossível reverter o caso, o médico deve entrar com outro tipo de apoio ao paciente, prescrever medicamentos que reduzam a dor e dar orientações psicológicas, emocionais, sociais ao doente e à família dele.
Vice-presidente do Conselho de Medicina de São Paulo explica o novo código de ética; veja ao lado

“Quando você oferece essa oportunidade para o paciente ser ouvido, você traz muita paz para todo mundo em volta, para a equipe que está cuidando, para a família, porque afinal de contas, é como o paciente deseja ser cuidado”, comenta a geriatra Ana Cláudia de Lima Arantes. No que diz respeito ao comportamento dos médicos, o código traz uma novidade para evitar os poucos profissionais nos hospitais. Faltar ao plantão já era proibido. Agora, se o médico não aparecer quando estiver escalado, cabe ao hospital ou ao centro de saúde resolver o problema da falta do funcionário. “Isso obriga que o diretor técnico de uma instituição promova imediatamente a substituição, sob pena de ele também eventualmente ser relacionado para sofrer um processo” avisa o presidente do Cremesp Luiz Alberto Bacheschi. O novo código de ética se aplica também a médicos que ocupem cargos administrativos no sistema de saúde e a instituições que trabalhem com medicina como laboratórios. Em caso de desrespeito, as penalidades vão de advertência à abertura de processo de cassação do registro profissional.

Leia mais notícias de Ciência e saúde

Código de Ética Médica atualizado entra em vigor

Código de Ética Médica atualizado entra em vigor
Em cerimônia realizada na sede do Conselho Federal de Medicina (CFM) na manhã de terça-feira (13), conselheiros federais e regionais de medicina, representantes de entidades médicas, deputados e outras autoridades, entre as quais o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, celebraram a entrada em vigor do novo Código de Ética Médica.
O presidente do CFM e coordenador da Comissão Nacional de Revisão do Código, Roberto Luiz d’Avila, afirmou que considera o reforço à autonomia do paciente a principal contribuição do novo documento. “Agora está aberto um maior espaço para o diálogo; o paciente terá uma voz mais ativa na relação com o profissional da medicina”, disse. “Esse documento é um contrato que os médicos firmam com o paciente, a sociedade, os colegas que trabalham em assistência em saúde e com a própria profissão”, completou.
Por sua vez, o ministro Temporão avaliou que este é um dia importante para a saúde brasileira. “Este Código está sintonizado com os novos tempos e ressalta que o ser humano deve ser o centro de nossas atenções”, disse. Ele afirmou que considera o Código um instrumento de vanguarda pelo fato de que nele se reconhece que a vida tem um fim natural, que o trabalho do médico vai além da cura e que o profissional da medicina deve ser um cuidador.
Homenagem - Na cerimônia, o ex-presidente do CFM, Edson de Oliveira Andrade, foi homenageado em razão do apoio dado à comissão responsável por coordenar a revisão do Código de Ética. Os trabalhos de revisão foram realizados durante sua gestão à frente do Conselho. Os membros da comissão revisora também foram homenageados. Para ter acesso a outras informações sobre os destaques do Código de Ética Médica, além de dados sobre o processo de elaboração do documento clique aqui.
fonte: www. cfm.org.br

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Terceira Etapa da Campanha Nacional de Vacinação H1N1 - Gripe Suína

Vacinação de jovens contra "gripe suína" começa nesta segunda-feira
04/04 - 21:54, atualizada às 08:29 05/04 - iG São Paulo

Começa nesta segunda-feira, dia 5 de abril, a terceira etapa da campanha nacional de vacinação contra a influenza H1N1 ou "gripe suína". Adultos com idade entre 20 e 29 anos têm até o dia 23 de abril para tomar a vacina.
Em virtude do feriado da Semana Santa, o Ministério da Saúde prorrogou a vacinação de grávidas, doentes crônicos (exceto idosos) e crianças de seis meses a menores de dois anos até o dia 23 de abril. Assim, a segunda etapa, que terminaria na última sexta-feira (2), deverá continuar ao longo da terceira fase.

Os Estados, em parceria com os municípios, são responsáveis por definir e divulgar os locais e horários de vacinação. Em todo o País, são mais de 36 mil salas de imunização. Para serem vacinadas, as pessoas de 20 a 29 anos devem ir aos postos de vacinação levando documento de identidade com foto.

A meta do Ministério da Saúde é imunizar pelo menos 80% do público-alvo desse grupo, formado por 35,1 milhões de pessoas. Essa faixa etária foi a que teve o maior número proporcional de casos de doença respiratória grave causada pelo novo vírus no ano passado: 24% do total de 44.544 casos, em todo o País. O grupo também concentrou 20% das mortes ocorridas em 2009 (ao todo, foram 2.051).Com a prorrogação da segunda fase até 23 de abril, todas as grávidas que ainda não se vacinaram, independentemente do período de gestação, podem se imunizar. As mulheres que engravidarem após o fim da terceira etapa poderão tomar a vacina nas fases seguintes. Não é necessário apresentar atestado médico para comprovar a gravidez. Na vacinação das crianças, pais e responsáveis devem levar aos locais de imunização apenas os bebês de seis meses a menores de dois anos com o cartão de vacinação das crianças, que receberão uma dose dividida em duas vezes. A segunda meia dose será administrada 30 dias após a primeira. Se a criança completar seis meses depois do dia 2 de abril, também poderá ser vacinada normalmente. Em relação aos doentes crônicos, devem procurar os postos de vacinação pessoas com menos de 60 anos que têm problemas sérios de coração, pulmão, rins, fígado, diabéticos, pacientes em tratamento para aids e câncer ou os chamados grandes obesos (veja lista no site do Ministério da Saúde). Aqueles que serão vacinados devem levar aos postos um documento de identidade com foto e a carteira de vacinação do adulto, se possuírem. Também não é preciso levar atestado médico comprovando a doença crônica.

Os idosos com doenças crônicas devem aguardar. A população com mais de 60 anos terá uma etapa exclusiva, entre os dias 24 de abril e 7 de maio, juntamente com a Campanha Nacional de Vacinação do Idoso contra gripe comum. Nesse período, todos os idosos serão imunizados contra a gripe comum, como acontece todos os anos. Se tiverem doenças crônicas, serão vacinados também contra a gripe pandêmica. Assim, o idoso só precisará ir ao local de vacinação uma única vez.
P.S: NÃO ESQUEÇA QUE FOI PRORROGADA A CAMPANHA ANTERIOR POR CAUSA DO FERIADO. CONSULTE O SITE DO MINISTÉRIO DA SAÚDE COM O CRONOGRAMA. CARLA

sexta-feira, 2 de abril de 2010




Só quem já perdeu na vida.

Sabe o que é ganhar,

Porque encontrou na derrota motivo pra lutar.


Pe. Fábio de Melo


Aproveite o feriado para ficar em silêncio, repensar na vida, na família e nos amigos. Pesa perdão, distribua compaixão, seja luz e amor para a pessoa que você por algum motivo ofendeu e para você também. Joguem o lixo INTERIOR fora. Ressuscite, reviva e recomeçe sempre deixe germinar as boas sementes que há em você......... beijos,

Carla

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Bom Feriado!


Hoje faz 01 mês que publiquei meu blog. Espero que ele tenha sido útil para vocês estou muito feliz com as visitas, porque somente foi repassado para os amigos e tendo retorno de pessoas até fora do país. Obrigada, tenho muita coisa para repassar e isso será notado através dos mais diversos assuntos aqui publicados. Minha intenção não é ter apenas um blog. O que pretendo é manter uma interação com pessoas que, por uma razão e / ou outra, tenham algo a ver comigo. É o que pretendo compartilhar com quem estiver visitando o blog: compartilhar um pouco da minha experiência que é sim, como todas são, cheia de altos e baixos, mas de onde pode-se retirar algumas boas lições. Deus ilumine o meu e o seu propósito de não ser somente mais um no universo.
abraços,
Carla