Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




sábado, 31 de outubro de 2015

Pacientes com Câncer de Mama Avançado: Aprendendo com Você - Depoimentos




Você não está sozinha
Convive com o diagnóstico de câncer de mama avançado? Não deixe de compartilhar conosco sua história! Em algum lugar desse mundo, alguém também passa por essa experiência e poderá, literalmente, aprender com você!

Caso não seja o momento de dividir sua história, não se preocupe! Separamos uma série de depoimentos que poderão ser importantes nessa fase da sua vida:


Depoimentos:


http://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama-cristiane-chagas/3022/304/

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama-adriana-venancio/6840/304/


http://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama-maria-de-fatima/6839/304/

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama-maria-de-lourdes-netinha/6777/304/

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama-ana-paula/6841/304
/

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama--camila-fernandez/4866/304/


http://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama-maria-de-lourdes/4823/304/


http://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama-carla-argolo/4806/304/




http://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama-juliana/4443/304/


http://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama-nadja-nobre-coelho-rodrigues/4169/304/

[CÂNCER DE MAMA] Thais Aragão
http://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama-thais-aragao/4009/304/
[CÂNCER DE MAMA] Vera Lucia Vieira Vilarinohttp://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama-vera-lucia-vieira-vilarino/3934/304/

[CÂNCER DE MAMA] Idnéia Monteiro Ferminio
http://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama-idneia-monteiro-ferminio/3872/304/

[CÂNCER DE MAMA] Cláudia Yoshidahttp://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama-claudia-yoshida/3681/304/

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama-jusciane-ferreira/3503/304/


http://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama-sabrina-francio-estrasulas-jardim/3126/304/



http://www.oncoguia.org.br/conteudo/cancer-de-mama-priscilla-bonna-passamani/6856/304/


obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs.
Carla
extraído:http://www.oncoguia.org.br/conteudo/aprendendo-com-voce/6900/826/

Apoio Psicossocial durante o Tratamento do Câncer de Mama Avançado


Atitude Positiva e Esperança no Enfrentamento do Câncer de Mama Avançado



Pessoas com câncer sabem que ter uma atitude positiva ajuda nos momentos difíceis, melhorando sua qualidade de vida e aumentando sua sobrevida.

Enfrentamento adequado da doença não é ter somente uma visão positiva. Pessoas com câncer devem ser incentivadas a ter uma expectativa realista sobre sua doença para poderem fazer boas escolhas e tomarem boas decisões sobre a enfermidade e seu cuidado. Não adianta que sejam pressionadas para serem positivas, é preciso que entendam e ajam de maneira consciente.

Uma pessoa com esperança verdadeira experimenta uma vasta gama de emoções negativas e positivas e apesar de todas as adversidades e dificuldades, tentará avançar na vida.


Ainda:

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/como-o-cancer-de-mama-avancado-pode-afetar-a-saude-emocional/6344/824/


http://www.oncoguia.org.br/conteudo/como-a-conexao-mentecorpo-pode-trabalhar-em-prol-da-saude/6345/824/


http://www.oncoguia.org.br/conteudo/conheca-os-sinais-da-depressao/6346/824/


obs.conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:http://www.oncoguia.org.br/conteudo/apoio-psicossocial/6260/826/

Fisioterapia no Pós Operatório do Câncer de Mama


A fisioterapia desempenha um papel imprescindível na abordagem das pacientes mastectomizadas. Independente do tipo de cirurgia de mama, a fisioterapia precoce tem como objetivos prevenir complicações, promover adequada recuperação funcional e consequentemente, propiciar melhor qualidade de vida às mulheres submetidas à cirurgia para tratamento de câncer de mama 

O programa de fisioterapia deve ser realizado em todas as fases do câncer da mama: pré-tratamento (diagnóstico e avaliação); durante o tratamento (quimioterapia, radioterapia, cirurgia, e hormonioterapia); após o tratamento (período de seguimento); na recidiva da doença e nos cuidados paliativos. Em cada uma dessas fases, é necessário conhecer e identificar as necessidades do paciente, os sintomas e suas causas e o impacto desses nas atividades de vida diária.

Deve ser instituído tratamento fisioterapêutico sempre que necessário, visando minimizar e prevenir as possíveis sequelas.

Pré operatório

A atuação do fisioterapeuta pode ser iniciada no pré-operatório, objetivando conhecer as alterações pré-existentes e identificar os possíveis fatores de risco para as complicações pós-operatórias. Nesse momento as pacientes tem oportunidade de falar sobre suas ansiedades, tirar duvidas sobre curativos, pontos e movimentação do braço. Ainda no pré-operatório, a notícia sobre a doença e intervenção cirúrgica, leva à paciente inconscientemente adotar posturas de tensão muscular na região do pescoço e ombros. Por isso nessa fase já é importante que o fisioterapeuta avalie a presença de alterações posturais e tensionais, avalie a função do ombro e a força muscular dos braços e oriente a paciente como será o acompanhamento no pós-operatório e a identificar possíveis complicações.

Pós-operatório

O pós-operatório é marcado por dificuldade na movimentação do braço, do ombro e por dor. A paciente terá dificuldade de encostar a mão na nuca, vestir suas blusas, escovar os cabelos, abotoar o sutiã. Essa limitação é causada pela dor e devido à tração da pele e dos músculos da axila, do tórax e do braço e devido à manipulação cirúrgica. Poderão aparecer sensações de peso nos braços, formigamento, queimação ou dormência no braço e na axila e na mama.

O objetivo da fisioterapia é restabelecer brevemente a função de braço, prevenir complicações respiratórias, diminuir a dor e prevenir a formação de linfedema, cicatrizes, fibroses e aderências. Para isto você deve seguir corretamente as orientações fornecidas pelo seu fisioterapeuta e realizar os exercícios propostos por ele.

O pós-operatório imediato é o período logo após o término da cirurgia, nessa fase objetiva-se identificar alterações neurológicas ocorridas durante o ato operatório, presença de sintomatologias álgicas, edema linfático precoce e alterações na dinâmica respiratória. O fisioterapeuta irá orientá-la a posicionar o braço na cama com o auxílio de travesseiros e orientar exercícios leves para o braço e exercícios respiratórios. Nessa fase os exercícios respiratórios são muito importantes, eles te ajudarão a recuperar a função pulmonar e prevenir complicações respiratórias. O uso do sutiã compressivo é muito importante! Ele ajuda a pele a colar e evita o inchaço na mama e tórax. Nessa fase ainda o fisioterapeuta lhe ensinará a fazer a automassagem, que é uma drenagem linfática que você mesmo fará no seu corpo e ajudará a prevenir a presença de inchaço no braço. 

Se não houver complicações pós-operatórias em alguns dias você estará de alta hospitalar, e irá para casa com os pontos e com os drenos, não se esqueça que os cuidados e a automassagem devem continuar sendo feitos em casa. Nas primeiras semanas, provavelmente você ainda estará com o dreno aspirativo e com os pontos (as vezes o dreno já é retirado antes da alta hospitalar), portanto você não deve levantar o braço acima de 90º para que a ferida operatória não abra. As vezes o médico pode liberar a movimentação total do braço de acordo com seu limite de dor. 

Após o 15º dia de operação, sem complicações pós-operatórias, serão retirados os pontos. A movimentação total dos braços agora será liberada. Essa é a fase em que você será encaminhada para o consultório de fisioterapia. Alguns lugares oferecem tratamento em grupo. Serão realizados exercícios de alongamento, exercícios para ganho de força muscular e amplitude de movimento e técnicas de drenagem linfática. Nós também trabalhamos a cicatriz para um melhor efeito cosmético.

A reabilitação precoce pós mastectomia proporciona ganhos na movimentação do braço, previne aderências e disfunções. O breve restabelecimento funcional do ombro e braço darão condições para você prosseguir com o seu tratamento.

Até a próxima!
Jaqueline Munaretto Timm Baiocchi

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:http://www.oncoguia.org.br/conteudo/fisioterapia-no-pos-operatorio-do-cancer-de-mama/7926/897/

Qualidade de Vida no Tratamento do Câncer de Mama Avançado

Ser ativa durante o Tratamento do Câncer de Mama Avançado



Para ser uma paciente ativa, você tem a opção de adotar uma série de ações, comportamentos e atitudes que podem melhorar sua qualidade de sua vida e que podem aumentar a possibilidade de recuperação. 


Ser paciente ativa é saber o que está acontecendo e significa ser parceiro de seu médico e da equipe de profissionais de saúde.

É muito importante que você participe de forma ativa de tudo o que se relaciona à sua doença. Conversar, debater, tirar dúvidas e fazer escolhas, juntamente com a equipe médica que a atende, é uma atitude que dará segurança no processo de enfrentamento à doença. Ser ativa, porém, é mais do que isso; é também reconhecer a importância de cuidar das partes física, social, emocional e do seu bem-estar espiritual.


http://www.oncoguia.org.br/conteudo/gerenciando-os-efeitos-colaterais-do-tratamento-do-cancer-de-mama-avancado/6337/823/

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/dicas-de-autoestima-para-pacientes-com-cancer-de-mama-avancado/6338/823/

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/a-importancia-do-apoio-familiar-durante-o-tratamento-do-cancer-de-mama-avancado/6339/823/


http://www.oncoguia.org.br/conteudo/a-nutricao-como-aliada-no-tratamento-do-cancer-de-mama-avancado/6340/823/

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/sexualidade-x-cancer-de-mama-avancado/6341/823/


http://www.oncoguia.org.br/conteudo/como-a-espiritualidade-pode-ajudar-a-enfrentar-o-cancer-de-mama-avancado/6342/823/


http://www.oncoguia.org.br/conteudo/como-lidar-com-as-questoes-financeiras-durante-o-tratamentono-do-cancer-de-mama-avancado/6343/823/


obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs.
Carla
extraído:http://www.oncoguia.org.br/conteudo/qualidade-de-vida/6259/826/



sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Novidades no Tratamento do Câncer de Mama em Homens

Pesquisas sobre câncer de mama em homes estão em desenvolvimento em diversos centros médicos no mundo inteiro, promovendo grandes avanços em prevenção, detecção precoce e tratamentos:
  • Causas e Prevenção
Novos estudos mostraram que estilo de vida e hábitos alteram o risco de câncer de mama. Estudos em andamento estão avaliando o efeito dos exercícios físicos, do ganho ou perda de peso e da dieta no risco de câncer de mama.
Pesquisas sobre uma melhor utilização dos estudos genéticos para as mutações BRCA1 e BRCA2 continuam em andamento. Alguns estudos mostraram que homens com mutações nesses genes podem estar mais propensos a desenvolver alguns tipos de câncer, como o de próstata, estômago, pâncreas e melanoma. Os riscos para esses tipos de câncer ainda não foram definidos.
Outros genes que contribuem para o aumento do risco de câncer de mama também estão sendo identificados. Os pesquisadores estão investigando como variações genéticas comuns podem afetar o risco de câncer de mama. Cada gene variante tem apenas um efeito modesto no risco (10% a 20%), mas, quando tomados em conjunto, podem eventualmente ter um grande impacto.
Um estudo em andamento sobre as causas do câncer de mama masculino identificou várias alterações genéticas associadas ao risco de câncer de mama, revelando, inclusive, que o efeito dessas alterações genéticas sobre o risco do câncer é diferente para homens e mulheres. Isto sugere diferenças biológicas no câncer de mama em ambos os sexos. Mais pesquisas estão em andamento para avaliar melhor essas diferenças.
As possíveis causas do câncer de mama no ambiente também têm recebido mais atenção nos últimos anos. Embora grande parte da ciência sobre o tema ainda esteja no começo, esta é uma área de pesquisa ativa.
  • Expressão dos Genes
Um dos problemas do câncer de mama em estágio inicial é que os médicos não podem prever com precisão que pacientes têm um risco maior de recidiva. É por isso que quase todos os pacientes, exceto aqueles com tumores pequenos, recebem algum tipo de tratamento adjuvante após a cirurgia. Para tentar entender quem deve fazer o tratamento adjuvante, os pesquisadores analisaram diversos aspectos do câncer de mama.
Os pesquisadores vincularam certos padrões de genes com os tipos de câncer de mama mais agressivos em mulheres àqueles que tendem a recidivar e disseminar para outros órgãos. Alguns exames de laboratório baseados nesses resultados, como o DX Oncotype e o MamaPrint, já estão disponíveis, apesar dos médicos ainda estarem tentando determinar a melhor maneira de usá-los. Ainda não está claro a utilidade desses exames em homens.
  • Células Tumorais Circulantes
Os pesquisadores descobriram que, em muitos tipos de câncer de mama, as células cancerígenas podem sair do tumor e entrar na corrente sanguínea. Estas células tumorais circulantes podem ser detectadas com exames de laboratório sensíveis. Embora estes exames já estejam disponíveis para uso geral, ainda não é clara a forma em como eles serão úteis.
  • Radioterapia
Para os homens que precisam fazer radioterapia após a cirurgia conservadora da mama, as novas técnicas podem ser eficazes, ao contrário do tratamento padrão com doses diárias por várias semanas.
Radiação Hipofracionada - Os pesquisadores estão comparando a administração de doses de radiação diárias maiores em poucos dias com o esquema padrão de radioterapia. Os estudos com mulheres têm mostrado que realizar a radioterapia em 3 semanas, parece ser tão eficaz quanto administrar em 5 semanas. Outros estudos avaliaram a eficácia do tratamento em doses diárias ainda maiores durante um período de tempo menor (uma semana). Mas, novamente, esses estudos incluíram poucos homens, de modo que ainda não está claro o quanto esses novos esquemas serão úteis no tratamento do câncer de mama em homens.
  • Quimioterapia
Como os cânceres de mama avançados são muitas vezes difíceis de tratar, os pesquisadores estão procurando novos medicamentos.
O olaparib é um medicamento que tem como alvo as mutações dos genes BRCA. Ele está dentro de uma classe de medicamentos denominada inibidores de PARP. Ele foi usado com sucesso no tratamento do câncer de ovário, de mama e de próstata que se disseminaram e foram resistentes a outros tratamentos. Outros estudos estão em andamento para avaliar se esse medicamento pode ajudar pacientes sem mutações nos genes BRCA.
  • Terapia Alvo
As terapias alvo são um grupo de medicamentos mais novos que, especificamente, se aproveitam de alterações genéticas nas células que causam o câncer:
Medicamentos que tem como alvo o HER2 - O trastuzumabe, pertuzumabe e lapatinibe são medicamentos que tem como alvo o excesso de proteína HER2 que estão aprovados para uso. Estudos continuam em andamento para avaliar qual dessas medicações é a melhor opção para o tratamento do câncer de mama inicial. Outros medicamentos que têm como alvo a proteína HER2 estão sendo estudadas em protocolos clínicos, incluindo o TDM-1 e o neratinibe. Os pesquisadores também estão avaliando o uso de uma vacina para atingir a proteína HER2.
Drogas anti-angiogênicas - Para que o câncer se desenvolva, os vasos sanguíneos devem nutrir as células cancerígenas. Este processo é denominado angiogénese. Observar a angiogênese em amostras de câncer de mama pode ajudar a prever o prognóstico. Alguns estudos detectaram que os tumores da mama cercados por pequenos vasos sanguíneos tendem a ser mais agressivos. Entretanto, mas pesquisas são necessárias para confirmar esse achado.
Bevacizumabe - É um medicamento anti-angiogênese que se mostrou promissor no tratamento do câncer de mama metastático. Embora bevacizumabe tenha sido retirado do espectro terapêutico por não ser muito útil no tratamento do câncer de mama, a abordagem anti-angiogênese ainda pode ser útil no tratamento do câncer de mama. Muitos outros medicamentos anti-angiogênicos estão sendo avaliados em protocolos clínicos.
Everolimus - É um medicamento aprovado para o tratamento de câncer de rim. Em estudos em mulheres com câncer de mama potencializou o efeito da hormonioterapia. Em outro estudo com mulheres com câncer de mama na pós-menopausa, com receptor de hormônio positivo, previamente tratadas com anastrozol ou letrozol, o uso do everolimus com exemestano foi mais eficaz para deter o crescimento do tumor, que o uso do exemestano isolado. Isso levou à recente aprovação do uso do exemestano para o tratamento de câncer de mama avançado receptor de hormônio positivo em mulheres que passaram pela menopausa. Entretanto, são necessários mais estudos para verificar se esse medicamento também será útil no tratamento do câncer de mama em homens.
  • Bisfosfonatos
Os bisfosfonatos são medicamentos utilizados para ajudar a fortalecer e reduzir o risco de fraturas ósseas. Exemplos desses medicamentos incluem o pamidronato e o ácido zoledrônico.
Alguns estudos sugerem que o ácido zoledrônico pode potencializar o efeito de tratamentos sistêmicos, como a hormonioterapia e a quimioterapia. Em um dos estudos, os pacientes que receberam ácido zoledrônico com quimioterapia tiveram seus tumores reduzidos mais do que aqueles tratados apenas com quimioterapia. Outros estudos analisaram o efeito de administrar o ácido zoledrônico com outro tratamento adjuvante, como quimioterapia ou hormonioterapia. Alguns estudos demonstraram que esta abordagem ajudou a diminuir o risco de recidiva, mas outros não. Mais estudos são necessários para determinar se os bisfosfonatos devem tornar-se parte do tratamento padrão para câncer de mama em estágio inicial.
  • Denosumabe
Denosumabe é outra droga que pode ser usada para ajudar a fortalecer e reduzir o risco de fraturas ósseas. Estão sendo realizados estudos para avaliar se ele pode ajudar nos tratamentos adjuvantes.
Fonte: American Cancer Society (31/10/2012)

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs.
Carla
extraído:http://www.oncoguia.org.br/conteudo/novidades/3286/547/

Protocolos Clínicos para o Câncer de Mama Avançado: Estudos..


Muitas pacientes ainda ficam receosas quando o assunto é um estudo clínico. É preciso desmistificar o tema e torná-lo acessível e claro àquelas que podem se beneficiar de um protocolo clínico. 

Participar em um protocolo clínico pode abrir a possibilidade de novas opções de tratamento, além disso, pode também permitir acesso a um novo tipo de tratamento que ainda não está disponível ou, pelo menos, oferecer um melhor padrão de atendimento, monitoramento e supervisão. 

Outra vantagem de participar de protocolos clínicos é saber que você está ajudando médicos, pesquisadores e cientistas no desenvolvimento de novos e melhores tratamentos contra o câncer que poderão beneficiar futuramente mulheres em todo o mundo.

Existem protocolos clínicos acontecendo o tempo todo em hospitais, clínicas e centros de ensino no mundo inteiro. É importante saber que todos os estudos clínicos são cuidadosamente analisados por uma comissão de ética que visa garantir a segurança do paciente que irá participar de um protocolo.



http://www.oncoguia.org.br/conteudo/a-importancia-dos-estudos-clinicos-/6270/821/

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/tipos-de-estudos-clinicos-para-tratamento-do-cancer-de-mama-/6271/821/


http://www.oncoguia.org.br/conteudo/beneficios-dos-estudos-clinicos-/6272/821/

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/possiveis-desvantagens-dos-estudos-clinicos/6273/821/


http://www.oncoguia.org.br/conteudo/questoes-financeiras/6274/821/


http://www.oncoguia.org.br/conteudo/quem-pode-participar-de-um-estudo-clinico/6275/821/


http://www.oncoguia.org.br/conteudo/participando-de-um-estudo-clinico/6276/821/



http://www.oncoguia.org.br/conteudo/perguntas-sobre-o-estudo-clinico/6277/821/


obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs.
Carla
extraído:http://www.oncoguia.org.br/conteudo/protocolos-clinicos/6257/826/

ADJ celebra o Dia Mundial do Diabetes 2015 - Programação!!!


Dia Mundial do Diabetes ganha cada vez mais adeptos.
São pessoas, entidades e empresas se unindo em busca da promoção de uma única causa: o diabetes.
Acompanhe aqui os eventos em celebração ao Dia Mundial do Diabetes que acontecerão em todo o Brasil.
Divulgue o seu evento aqui também.
Envie sua divulgação para revistaadj@adj.org.br
#JuntosPorMaisSaude #DMD2015




Primeira Semana de Controle e Esclarecimentos Sobre Diabetes em Birigui-SP
A Associação de Diabetes Juvenil da Região Noroeste Paulista, sediada em Birigui-SP, tem o prazer de convidá-lo para a nossa Primeira Semana de Controle e Esclarecimentos que será realizada em nossa cidade, do dia 30 de outubro ao dia 08 de novembro de 2015.
Segue abaixo a programação para as datas:
Dia 30/10, sexta-feira, às 19:30, palestra: Novidades que facilitam o controle do Diabetes, com Dr. Mark Barone
Dia 31/10, sábado, às 09:00, palestra: Como superar os desafios do Diabetes, com Dr. Mark Barone
Dia 31/10, sábado, às 10:00, lançamento dos livros ?Tenho Diabetes Tipo 1, e Agora ?? e ?Diabetes, Conheça Mais e Viva Melhor?.
De 03 a 07/11: medição gratuita de glicemia na sede da ADJ e me locais públicos
Dia 08/11, domingo, às 08:00, Quarta Corrida Contra o Diabetes, Terceira Corrida Infantil e Caminhada
Inscrições e informações: Rua João Galo, 1091, centro, Birigui-SP
Fones: 18-3642-1929 e 3642-7207adj.birigui@uol.com.br









Associação Jacareiense de Diabéticos - AJD

07/11/2015
Evento do Dia Mundial do Diabetes
Praça dos Trilhos, s/nº - Centro - Jacareí
Horário das 8h até as 13h
Iremos ter:
Podóloga;
Orientadora em diabetes;
Endocrinologista.
Nutricionista;
Policia Militar;
Lançamento do Clube do Zero
Lowçucar com apresentação do Gli- Instan.
Teste de glicemia
Aferição de pressão

08/11/2015
Evento Dia Mundial Diabetes
Rua Padre Bento Dias Pacheco, s/nº - Jardim Paraíso - Jacareí - SP
Com a equipe do Dia Feliz
Exames de glicemia e aferição de pressão

13, 14 e 15/11/2015
Evento Dia Mundial do Diabetes
Shopping Taubaté
Av. Charles Schneider, 1700
Taubaté São Paulo
Teremos alunos da Unitau de :
Enfermagem;
Podologia;
Nutrição,
Endocrinologista;
Teste de glicemia
Cajazeiras sedia a 4° Edição do Dia Mundial do Diabetes 2015.

O Grupo de Amigos Diabéticos em Ação (Gada Cajazeiras) e o Serviço Municipal de Assistência ao Paciente Diabético- SEMAPAD estão na organização e promoção da 4° Edição do Dia Mundial do Diabetes em Cajazeiras, a equipe elaborou um calendário de atividades que compreende do dia 10 a 14 de Novembro, dando inicio com entrevistas em programas de rádios locais no dia 10 sobre educação em diabetes prosseguindo do dia 11 ao 13 com palestras em escolas locais municipais e nas unidades básicas de saúde e oferta de serviços.
Encerrando com uma ação no Paço Municipal no Dia 14 de Novembro com oferta serviços de aferissão de pressão arterial, IMC, glicemia e atividades educativas que serão promovidas em Parceria com A Faculdade Santa Maria e os alunos do curso de Biomedicina que também compõem a equipe organizadora do evento.
Dentre as ações o Hospital Universitário Júlio Bandeira de Melo também se organiza para realização de atividades internas de conscientização e prevenção do diabetes de Crianças e Adolescentes da região de Cajazeiras, Oferecendo alguns atendimentos para a Cidade de Cajazeiras e região.
Para realização do Evento a equipe conta com o Patrocínio das Empresas de laticínios Isis, Pau Brasil, Faculdade Santa Maria e Irailton Representações e o apoio do HUJB, Fisioterapeuta Dr. Deivid Henrigue, Laboratório de Analises e Clínicas de Dr. Ivan Cavalcante, Secretaria Municipal de Saúde de Bom Jesus e Cajazeiras e Prefeitura Municipal de Cajazeiras e a Secretaria de Educação.

Grupo de Amigos Diabéticos em Ação
Departamento de Comunicação (DECOM) e (ASCOM) 
Fundado em 30 de maio de 2012 / CNPJ: 19.001.687/0001-08 / (083)-9-96307362 OU 9-93123272
É com muita satisfação que a Liga Acadêmica de Diabetes promoverá, em alusão ao Dia Mundial do Diabetes (14 de novembro), o MUSEU DO DIABETES! 
Será uma semana de exposição sobre a história do Diabetes Mellitus no Brasil e no mundo, através de materiais utilizados no tratamento e diagnóstico do DM ao longo dos anos; fotos, publicações e muitas curiosidades!
Será totalmente gratuito e aberto ao público!!! Esperamos vocês!!!
Shopping Benfica - Avenida Carapinima, 2200, 60.015-290 Fortaleza
9 de novembro - 14 de novembro
Ilhéus terá Pedalada Azul em mobilização para o controle do diabetes
O Colégio Militar de Ilhéus com o apoio da Associação dos Diabéticos de Ilhéus está engajado na mobilização para o controle do diabetes. No dia 14 de novembro será realizada a segunda edição da Pedalada Azul no intuito de chamar a atenção para a necessidade de prevenção e tratamento da doença.
A nova edição da Pedalada Azul em Ilhéus foi confirmada durante encontro com a participação da comissão organizadora do Mutirão do Diabético de Itabuna, do diretor do Colégio Militar, Major Moraes e da presidente da Associação dos Diabéticos de Ilhéus, Célia Cardoso, além de representantes de diveras entidades parceiras.
TV Record Cabrália amplia ações de apoio ao Mutirão do Diabético de Itabuna

A TV Record/Cabrália mais uma vez será parceira do Mutirão do Diabético de Itabuna, que este ano acontece no dia 21 de novembro. A parceria foi renovada durante um encontro que contou com as presenças do coordenador do Mutirão, Dr. Rafael Andrade, do diretor da TV Cabrália, Marcelo Almeida, do apresentador do Balanço Geral, Tom Ribeiro, e da gerente executiva da emissora, Cristine Ribeiro. 
Além da divulgação do evento durante toda a programação a TV Cabrália fará a transmissão ao vivo para todo o sul, extremo sul e sudoeste da Bahia, com programa "Balanço Geral no Mutirão do Diabético", comandado por Tom Ribeiro, com a presença de músicos, bandas e personalidades regionais. Os artistas da Rede Record e grandes nomes da musica baiana gravarão mensagens orientando as pessoas para a prevenção do diabetes e a mobilizando para o mutirão.
www.mutiraododiabetico.com.br













obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico

abs.
Carla
extraído:http://www.adj.org.br/leitura-conteudo/00000486/M00003