Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




domingo, 29 de junho de 2014

DOENÇA PERIODONTAL NA PESSOA IDOSA


Dra. Miriam Gutman Schmidt
Odontologia para pacientes idosos e especiais
Atendimento domiciliar e hospitalar

DOENÇA PERIODONTAL NA PESSOA IDOSA

A doença periodontal ocorre com muita frequência em idosos. A palavra periodontal significa "ao redor do dente ". Trata-se de uma infecção séria que afeta as gengivas e o osso que suporta os dentes e, se não tratada , causa a perda de dentes e sérias complicações para a saúde geral.

Essa doença pode afetar um ou mais dentes. Tem início quando as bactérias presentes na placa (que se forma constantemente sobre os dentes a partir de restos de alimentos e se não removida forma o tártaro) começam a inflamar a gengiva que se torna vermelha, inchada e sangra com facilidade levando à gengivite. Se não tratada, a gengivite pode evoluir para a periodontite, forma mais grave da doença, onde os tecidos e os osso que suporta os dentes são destruídos, levando à perda dentária.

A pessoa idosa é mais suscetível à doença periodontal devido aos seguintes fatores: 
**maior dificuldade para realizar a higiene bucal, 
**presença de restaurações e próteses antigas que perderam a adaptação adequada criando espaços de maior acúmulo de placa,
**depressão imunológica que permite maior agressividade das bactérias da placa, 
**osteoporose que leva a fragilidade dos ossos, 
**deficiências nutricionais, 
**efeitos colaterais de alguns medicamentos.

Como evitar:
**Higiene oral adequada, 
**Controle frequente do cirurgião dentista, a fim de prevenir a doença periodontal antes da sua instalação ou em estágios iniciais,
**Fumo e álcool agravam a doença da gengiva.

Atenção: A doença periodontal tem graves repercussões na saúde oral e sistêmica, levando à halitose, perda dentária, dificuldades de mastigação, paladar e deglutição. A integração com a Periodontia e a Clínica Odontológica Geral previne o agravamento de várias doenças sistêmicas.

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:https://www.facebook.com/cuidardeidosos?fref=ts

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla