Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




sábado, 2 de agosto de 2014

Para Sempre Alice:Leitura Obrigatória para quem Convive com a Doença Alzheimer

Quando Alice encontra-se em espiral rápida do Alzheimer, com apenas tem 50 anos. Professora universitária, esposa e mãe de três filhos, ainda tem muitas coisas para fazer – escrever livros, lugares para ver, netos para conhecer. Mas quando não consegue se lembrar de como fazer o seu famoso pudim de Natal, se perde em seu próprio quintal, e deixa de reconhecer sua filha atriz depois de um excelente desempenho, se sente desesperada. Mas ela pode ver através disso? Deveria ela ver atraves disso? Perdendo seus dias passados, vivendo cada dia, sua memória de curto prazo é apoiada por um par de fios desgastados. Mas ela ainda é Alice.

Para Sempre Alice da autora Lisa Genova.

Borboleta Azul

Este livro é incrível, uma ficção muito bem escrita. É um daqueles livros que ninguém se arrepende de comprar. Nos arriscamos a dizer que é uma leitura obrigatória para quem convive com a doença de Alzheimer, seja amigo, familiar, cuidador ou profissional.

As descrições da autora, que é neurocientista e se descobriu uma excelente escritora, sobre as percepções dos sintomas a partir da perspectiva de quem tem Alzheimer são bem interessantes e podem mudar a forma como muitos entendem a doença. É extremamente interessante ler os relatos dos sintomas pelos olhos de quem os sofre.

Ao pesquisar mais para atualizar o post; recomendamos esse livro no comecinho do Reab em 2010, vimos que ele está virando filme!! Muito legal, né?

Enfim, corre e vai comprar seu exemplar!! Cuidado para não confundir esse livro com outro: Alice Para Sempre de Elton Licks. Caso vocês tenham dificuldade em encontrar exemplares novos, vocês podem procurar em sebos virtuais. Sempre compramos livros esgotados no site Estante Virtual.

para-sempre-alice

Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE). Especialista em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design e Ergonomia (UFPE). Consultora em Tecnologia para Reabilitação.

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:http://www.reab.me/dica-de-livro-para-sempre-alice/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla