Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




sábado, 16 de agosto de 2014

Sabia o que seu Cão com Diabetes pode Alimentar

Cuidados alimentares com os cachorros diabéticos

A diabetes é uma doença que atinge não somente aos humanos, como também vem sendo amplamente encontrada nos animais de estimação. Por isso, veja a seguir alguns cuidados alimentares que se fazem necessários nestes casos:

A cada dia mais vemos a presença de doenças humanas atingindo os animais de estimação, de forma que os sintomas se tornam muito semelhantes aos do homem. Desta maneira, não seria diferente com a diabete em cães, um problema que surge tanto a partir da genética como também pela má alimentação do pet durante os seus anos de vida.
Assim sendo, para você que tem um cachorrinho acometido por este malefício, informe-se a seguir sobre quais são os cuidados alimentares com cães diabéticos:

637055 Cuidados alimentares com os cachorros diabéticos Cuidados alimentares com os cachorros diabéticosConheça os cuidados inerentes à alimentação de um cão com diabetes (Foto: Divulgação)

Cuidados alimentares com os cachorros diabéticos

Após ser o cão diagnosticado com diabetes, a alimentação como também a rotina do bichinho devem ser cuidadas minuciosamente. A diabetes nada mais é do que a má atividade do pâncreas, que desacelera a produção de insulina de forma que o organismo do pet deixa de transformar em glicose toda a comida que é ingerida durante o dia.

Assim, faz-se necessário recorrer a um médico veterinário especializado para que o cachorro comece a tomar insulina e por fim mantenha as taxas de seu organismo equilibradas.
637055 Cuidados alimentares com os cachorros diabéticos 2 Cuidados alimentares com os cachorros diabéticosUm cão com diabetes às vezes deve tomar insulina por toda a sua vida (Foto: Divulgação)

Entretanto, a insulina pode ocasionar a obesidade canina de forma que a alimentação do pet deve ser modificada por completo. Por isso e para começar, invista em uma ração que ofereça os nutrientes completos ao seu melhor amiguinho, porém busque as que ao mesmo tempo tenham menos calorias e uma maior capacidade de satisfazer as necessidades do animal.
                              
Os petiscos naturais para cães também são liberados, assim como alguns legumes e frutas como mamão, maçã e manga em pequenas porções, que podem ser acompanhadas por aveia. Apenas lembre-se de monitorar bem a rotina do seu companheirinho cedendo um alimento de três em três para que seu metabolismo não sofra grandes oscilações.
637055 Cuidados alimentares com os cachorros diabéticos 3 Cuidados alimentares com os cachorros diabéticosOfereça com frequência alimentos para manter o organismo do pet em dia (Foto: Divulgação)

Atenção redobrada ao pet

Estima-se que o surgimento da diabete em cães está associado ao sedentarismo e aos animais que vivem por mais tempo, que consequentemente já possuem um metabolismo mais lento. Por isso, além de cuidar da alimentação do cachorro, é primordial a prática de exercícios físicos e o monitoramento de suas atividades com uma alta frequência, visto que o pet pode sofrer convulsões e outros ataques inerentes à doença.

Por fim, jamais abandone o seu melhor amiguinho, pois é neste momento que ele mais precisará de você. Seja responsável e ofereça-lhe também muito carinho e afeto, para que o problema não interfira em uma vida harmoniosa e feliz ao seu lado.

obs.conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:http://www.mundodastribos.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla