terça-feira, 19 de maio de 2015

10 PERGUNTAS E RESPOSTAS COMUNS SOBRE ALZHEIMER

10 PERGUNTAS E RESPOSTAS COMUNS SOBRE ALZHEIMER
Em vista do número crescente de idosos acometidos de Alzheimer, sendo até mesmo considerado por alguns  como já alcançando proporções endêmicas, e também do grau de desconhecimento geral, havendo muitas pessoas que têm sintomas e não sabem,  vamos fazer uma recapitulação de perguntas e respostas básicas mais frequentes.
  1. O que é o Alzheimer?doença de Alzheimer é a mais frequente forma de demênciaentre idosos.É caracterizada por um progressivo e irreversível declínio em certas funções intelectuais,como memória, orientação temporal e espacial, pensamento abstrato, aprendizado, incapacidade de realizar cálculos simples, distúrbios de linguagem, de comunicação e inabilidade de realizar tarefas do dia a dia. Além de incluir mudanças de personalidade e de capacidade de julgamento.
  2. O que é demência?
Demência é um grupo de sintomas caracterizado por um declínio progressivo das funções intelectuais, suficiente para interferir na execução de atividades sociais e do cotidiano. Em estágios mais avançados, pode haver perda de habilidade de execução de funções mais complexas, como lidar com dinheiro, atender o telefone,  calcular, escrever.
Dentre as demências, a doença de Alzheimer é a forma mais comum.
A segunda causa mais frequente de demência é a demência por múltiplos infartos cerebrais, isto é, uma série de pequenos derrames.
  1. Qual a causa da Doença de Alzheimer (DA)? Infelizmente não se conhece bem a causa; geralmente costuma atingir pessoas com idade mais avançada, mas ela pode desenvolver-se precocemente, por volta dos 50 anos. O que se sabe é que a doença se desenvolve como consequência de alterações complexas que ocorrem ao nível dos neurônios, as células do cérebro. Muitos estudos e pesquisas estão em curso na busca de conhecimento e tratamento da doença. Um diagnóstico precoce permite retardar a velocidade de progressão da doença, mantendo por tempo mais longo a independência e a qualidade de vida do paciente.
  2. Se uma pessoa da minha família tem Alzheimer, eu tenho maior risco de ter a doença?
Ter um familiar ascendente com Alzheimer aumenta o risco mas não há como prever se a doença irá efetivamente ocorrer.
Existem dois tipos de DA:
  • familiar, que pode ocorrer em adultos jovens (menos de 50 anos) e parece ter caráter hereditário; aproximadamente apenas 5% dos casos pertencem a este tipo;
  • esporádica, na qual o fator hereditário não é óbvio; neste caso se classificam 95% dos casos e ela se desenvolve a partir de uma grande variedade de fatores que vem sendo estudados pelos cientistas.
  1. São as mulheres ou os homens os mais afetados?
Mais mulheres do que homens têm a DA.Porém, como a expectativa de vida de mulheres é pelo menos 5 anos maior que a dos homens não se sabe se o risco está no gênero ou no fato de as mulheres viverem mais que os homens.
  1. Quais são os sintomas da DA?
A DA é uma enfermidade progressiva e os sintomas vão se agravando à medida que o tempo passa. Entretanto, a velocidade da progressão e o grau de severidade dos sintomas varia de pessoa a pessoa.
Os sintomas mais comuns são:
  • Perda de memóriaconfusão e desorientação;
  • Ansiedade, agitação, alucinação, desconfiança;
  • Alterações comportamentais e de personalidade;
  • Dificuldade nas atividades da vida diária, como vestir-se e banhar-se;
  • Dificuldade em reconhecer familiares e amigos;
  • Dificuldade em tomar decisões;
  • Desorientação espacial – perder-se em lugares conhecidos;
  • Alteração de apetite, perda de peso, incontinência urinária e fecal;
  • Dificuldade com a fala e comunicação;
  • Movimentos e fala repetitiva;
  • Distúrbios de sono;
  • Descuido com a aparência e higiene pessoal;
  • Dependência progressiva.
  1. Perda de memória é sempre devida à DA?
Não.
Outras condições podem ser causa de demência e algumas são reversíveis, como:
  • Depressão;
  • Efeito adverso de medicamentos, especialmente os “calmantes” e hipnóticos;
  • Fatores endócrinos;
  • déficits nutricionais e outras.
  1. Como a DA é diagnosticada?
Não existe ainda um marcador biológico que confirme a doença.
O diagnóstico é feito por exclusão de outras enfermidades que apresentam sintomas similares.
Vários instrumentos clínicos são usados para se chegar ao diagnóstico:
  • Histórico médico completo;
  • Testes de avaliação de memória e estado mental;
  • Testes de avaliação do grau de atenção e concentração e de habilidades de resolver problemas;
  • Testes de avaliação de nível da capacidade de comunicação;
  • Testes laboratoriais, como exames de sangue e urina, são usados para excluir outras causas, algumas delas curáveis;
  • Exames de imagens como tomografia computadorizada, ressonância magnética, spect e pet, são utilizados para determinar o tipo de demência.
Médicos experientes em DA fazem diagnóstico correto em cerca de 90%dos casos.
A DA só pode ser diagnosticada com certeza através do exame microscópico do tecido cerebral por biopsia ou necropsia.
9.  Esquecer onde coloquei as chaves, óculos, pode ser um sintoma de Alzheimer?
Não.
À medida em que vamos envelhecendo é comum este tipo de esquecimento.
Em qualquer idade, esquecer de vez em quando nomes, compromissos ou objetos como chaves, guarda-chuva, etc. A causa pode ser: certos medicamentos, ansiedade, distração, tristeza, cansaço, estresse, problemas de visão ou audição, uso de álcool, uma doença grave ou tentativa de se lembrar de muitas coisas ao mesmo tempo.
Não se lembrar de onde deixou um objeto é coisa comum mas não se lembrar da utilidade do objeto (para que ele serve) pode ser sintoma de demência.
  1. Existe cura para a doença? Pesquisas continuam mas ainda não existe medicamento que garanta a cura ou que interrompa definitivamente o curso da doença.
Um diagnóstico precoce aumenta as chances de tratamento adequado para os sintomas, retardando a evolução da doença e mantendo por mais tempo a independência do paciente.
************************************************************************************************
Baseado no Manual de Orientação – Alzheimer elaborado pelo Dr. Norton Sayeg e distribuído pela EUROFARMA.
obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:http://www.terceiraidademelhor.com.br/10-perguntas-e-respostas-comuns-sobre-alzheimer/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla