Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




domingo, 31 de maio de 2015

Na hora do lanche, o melhor é optar pelos pratos menos calóricos ou com menos carboidratos?

Entrevistado: Maristela Bassi Strufaldi, nutricionista
Para responder a esta pergunta, primeiro precisamos definir cada um destes nutrientes.
Carboidrato é o macronutriente mais abundante da natureza. Sua função principal é a de fornecer energia para o funcionamento do organismo da maior parte dos seres vivos. É ele que mais interfere na glicemia pois, depois de ingerido, se converte rapidamente em glicose.
As calorias podem ser traduzidas como toda a energia que o organismo absorve e gasta diariamente. São medidas de calor dos alimentos. Não são elas que alteram o controle glicêmico e sim a velocidade de absorção e conversão dos nutrientes em glicose, incluindo carboidratos, proteínas e gorduras.
Assim, concluímos que ao escolher um alimento as pessoas com diabetes devem estar atentas tanto a quantidade de carboidratos, por sua alteração direta na glicemia, quanto a de calorias, no que se refere a manutenção de um peso saudável, também favorável para quem tem diabetes. Ambas estão descritas nos rótulos dos alimentos.
Em fastfoods, as melhores opções são aquelas com menor teor de gordura e ricas em fibras (tornam a absorção dos açúcares mais gradativa), como lanches que levem queijo branco ao invés de queijo amarelo, que contenham hortaliças como alface e tomate, preparados com pão integral e até mesmo carnes magras como peito de frango e alcatra.
Se o lanche for pouco nutritivo, optar por uma sobremesa que forneça nutrientes além do sabor é interessante, como doces a base de frutas ou frutas da estação.

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído;http://www.adj.org.br/leitura-conteudo/00000341

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla