Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




segunda-feira, 18 de maio de 2015

7 SINAIS DE ESGOTAMENTO DO CUIDADOR



Por Eva Martínez, autora do portal El Taller de mis Memorias.
Noutras ocasiões, já falamos sobre o apoio social aos doentes de Alzheimer, salientando que esse apoio social é fundamental para o bem-estar do paciente. No entanto queria também ressaltar a importância desse apoio para os próprios cuidadores. 
É importante, por isso, falarmos de sinais de advertência e de esgotamento a que todos os cuidadores de doentes de Alzheimer devem estar atentos.
Sinais de alerta
  • O excesso de stress e de tensão
  • Depressão
  • Ansiedade persistente, raiva ou culpa
  • Irritabilidade extrema com o doente
  • Diminuição da satisfação com a vida em geral
  • Conflitos nas relações e isolamento social
  • O uso excessivo de medicamentos, drogas ou álcool
Conciliar a enorme tarefa de cuidar de um adulto com deterioro cognitivo com outras responsabilidades requer destreza, atenção e uma planificação diligente. Felizmente, muitos profissionais e cuidadores desenvolveram uma quantidade de recursos para ajudar a priorizar os seus esforços e proporcionar um cuidado eficaz. 
Devido ao trabalho do cuidador ser muito duro, deve aprender a proteger-se primeiro. Quando estamos consumidos pela necessidade de cuidar, é fácil abandonarmos outras pessoas e atividades que adoramos, o que põe em risco a nossa própria saúde. 
É difícil desconectar
É muito difícil desconectar quando estamos envolvidos na rotina de cuidar e o sentimento de culpa está muito ligado a isso. Pensar que pode acontecer alguma coisa ao doente quando não estamos presentes ou simplesmente pensar que estamos a desfrutar do tempo enquanto o nosso familiar está em casa, ainda que não dê conta de nada.
A primeira coisa que aconselhamos é que não perca as suas relações sociais: saia e desligue-se um pouco pois está provado que segregamos uma série de endorfinas que nos ajudam a recarregar baterias, que nos dão energia vital e isso ajuda-nos a manter uma atitude positiva face às tarefas que temos de enfrentar, encarando os problemas de uma forma mais positiva e relativizando-os. Quando saimos, partilhamos as nossas preocupações e ao racionalizá-las parecem-nos menos graves, ao mesmo tempo que melhoramos também o nosso humor, o qual nos facilita a vida.
Recomendamos também que pratique a respiração abdominal, uma técnica de relaxamento que pode aprender e aplicar no seu dia a dia para controlar os sintomas de ansiedade e de tensão. 
Por último, e em homenagem ao esforço e resistência de todos os cuidadores, queríamos recordar-lhe esta infografia com as 8 razões pelas quais um cuidador deve sorrir. No final, encontrará uma ligação que lhe permitirá imprimi-la em formato A4 e colocá-la nunca local visível, como a porta do seu frigorífico ou no seu quarto, onde anime o seu sorriso diário apesar das dificuldades!  

obs.conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:https://www.cvirtual.org/pt/blogue/7-sinais-de-esgotamento-do-cuidador

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla