Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




domingo, 6 de setembro de 2015

Cientistas descobrem como “desligar” o câncer tornando células doentes novamente saudáveis

 
Sáb, 29 de Agosto de 2015 12:45
Bruno Rizzato
            

 
 
 
Cientistas descobriram um código capaz de desligar o câncer. Experiências realizadas por eles fizeram as células cancerosas da mama e da bexiga tornarem-se benignas novamente.
 
É possível que muitos outros tipos de câncer possam ser atingidos pelo novo trabalho, que revela “uma nova biologia inesperada que fornece o código para desligar o câncer, uma nova estratégia para a terapia”.
Apesar dos avanços na medicina, o câncer mata mais de 7,6 milhões de pessoas anualmente no mundo todo. O trabalho ainda está em estágio inicial, mas traz consigo a esperança de que o câncer poderá reduzir algumas mortes no futuro.
Ao contrário de medicamentos convencionais, que consistem no ataque direto ao câncer, o trabalho dos EUA visa desarmá-lo e tornar as células cancerígenas inofensivas. A descoberta se concentra em uma proteína chamada PLEKHA7, que ajuda as células saudáveis a se aglutinarem.
A pesquisa, da Clínica Mayo, na Flórida, descobriu que a proteína fica em falta ou com alterações em pacientes acometidos pelo câncer, em uma grande variedade de tipos. Quando isso acontece, as instruções genéticas importantes para as células são modificadas e se tornam cancerígenas. Uma equipe de investigação, liderada por Panos Anastasiadis, foi capaz de repor as instruções da proteína, “desligando” o câncer.
Experiências mostraram até mesmo a recuperação das células humanas de câncer da bexiga, que são altamente perigosas. “As experiências iniciais em alguns tipos de câncer agressivos são realmente muito promissoras”, disse Anastasiadis. Ele acha que a abordagem, detalhada na revista Nature Cell Biology, se aplicaria à maioria dos cânceres, exceto no cérebro e no sangue.
Porém, poderia curar o câncer de pulmão, um dos maiores assassinos no mundo. No entanto, mais pesquisa é necessária antes que a técnica possa ser testada em pessoas pela primeira vez. E, mesmo se a terapia for efetiva aos pacientes, é provável que eles ainda precisem de quimioterapia.
Especialistas britânicos descreveram a pesquisa como "bela" e "absolutamente fascinante", mas alertaram que ainda é um longo caminho até poder, de fato, ajudar as pessoas.
Henry Scowcroft, gerente de informação científica sênior da Cancer Research UK, disse: "Este importante estudo resolve um mistério biológico de longa data, mas não devemos ficar à frente de nós mesmos. Há um longo caminho antes de acharmos esses resultados, em células cultivadas em laboratório, para poder ajudar a tratar pessoas com câncer”.  Ele acrescentou que esse trabalho é fundamental, caso o progresso encorajador contra o câncer continue, como temos visto nos últimos anos.
 
 
obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs
Carla
 
extraído:http://www.jornalciencia.com/saude/corpo/5279-cientistas-descobrem-como-desligar-o-cancer-tornando-celulas-doentes-novamente-saudaveis-
 
 
Fonte: Daily Mail Foto: Reprodução / Daily Mail e IMBCR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla