segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Investigadores-antecipam-ate-tres-anos-detecao-precoce-do-alzheimer

| País


Investigadores estão a conseguir antecipar até três anos o diagnóstico de Alzheimer e a atrasar os danos neurológicos da doença.

A deteção precoce passa por um teste inovador aos circuitos elétricos do cérebro.

O Centro de Neuropsicologia e Neurociências do Porto vai fazer parcerias com hospitais e unidades de intervenção para recrutar potenciais doentes e desenvolver o biomarcador de alerta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla