sábado, 26 de julho de 2014

Idosos também realizam Transplante de Medula Óssea

transplante de medula em idosos

Médicos estão buscando novos métodos para realizar transplantes de medula em uma parcela da população que poucos imaginam como alvo de tratamento, tão associado a adultos jovens e crianças: os maiores de 60 anos.

Ao mesmo tempo que correm um risco maior de desenvolver doenças do sangue como a leucemia mielóide aguda, pessoas dessa faixa etária não recebiam recomendação de transplante, por causa dos riscos do tratamento.

Segundo o hematologista Vanderson Rocha, há 15 anos, nem se tentava o transplante para maiores de 55 anos.
O procedimento é feito nos cânceres hematológicos para reiniciar a produção de células do sangue sadias.

Antes do transplante, o paciente é submetido a uma quimioterapia forte que mata as células cancerosas e também as saudáveis da medula óssea, a “fábrica do sangue”.

Os remédios usados nesse tratamento são fortes e tóxicos. Uma forma de contornar esse problema é usar combinações mais “fracas” de remédios, que não chegam a acabar com as células da medula antes do transplante. O método pode ser usado tanto em pacientes idosos quanto em jovens mais debilitados, que não resistiriam à terapia convencional.

O esforço se justifica: a maior causa de morte dos pacientes mais velhos é a volta da doença, enquanto que para os
mais jovens os problemas mais comuns são as complicações do próprio transplante.

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico

abs

Carla


Créditos: ABRALE – Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia – http://www.abrale.org.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla