quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Seu filho e a diabetes tipo 2

06_16_diabetes



Ao contrário de diabetes tipo 1, a diabetes tipo 2 pode ser prevenida e é frequentemente associada ao excesso de peso ou inatividade. Existem também algumas influências genéticas, como pertencer a determinados grupos étnicos ou ter um histórico familiar de diabetes tipo 2. Enquanto a diabetes tipo 2 pode ser uma doença grave em crianças e adolescentes, há coisas que você pode fazer para ajudar a diminuir o seu risco.

Fique atento para os sintomas

Pode ser difícil de detectar diabetes tipo 2 em seu filho, especialmente nas crianças que, geralmente, não aparecem nenhum sintoma. Se houver sintomas, eles podem passar despercebidos como também podem se desenvolver gradualmente ao longo do tempo. No entanto, se o seu filho desenvolver diabetes tipo 2, ele ou ela pode:
  • ter a necessidade de urinar com freqüência
  • sentir muita sede
  • sentir-se cansado
É importante lembrar que nem todas as crianças que desenvolvem o diabetes tipo 2 têm esses sintomas. Da mesma forma, é possível que as crianças tem alguns deles, mas podem não ter diabetes.

Consulte um médico

Se você está preocupado que seu filho pode ter diabetes tipo 2, fale com o seu médico. O seu médico pode determinar se o seu filho tem diabetes fazendo um exame de sangue ou urina. Se o diagnóstico médico disser que seu filho está com diabetes, ele ou ela pode ser encaminhado para uma equipe especializada para dar suporte ao tratamento e acompanhar seu progresso.

Obtenha o tratamento certo

Se o seu filho é diagnosticado com diabetes tipo 2, o seu médico lhe aconselhar sobre o tratamento adequado. Como algumas crianças não apresentam nenhum sintoma, a mudança no estilo de vida pode ser a melhor ação a tomar. Isso pode incluir a adoção de um regime alimentar saudável, controle de peso e exercício físico regular. No entanto, para algumas pessoas a medicação é prescrita para ajudar no controle dos níveis de açúcar no sangue. Os medicamentos podem vir sob a forma de um comprimido ou injeções de insulina.
Enquanto este processo pode parecer traumático, é importante tentar manter-se otimista. Se você está fazendo mudanças na dieta do seu filho ou rotina de exercícios, por que não incluir toda a família? Isso pode ajudar a tranquilizar o seu filho ao saber que não está sozinho, e, por tabela, mantém o resto de sua família saudável e ativa.

Prevenção

A diabetes tipo 2 está se tornando cada vez mais comum em crianças e é importante tentar fazer o que puder para impedir que seu filho desenvolva a doença. A prevenção eficaz pode incluir o seguinte.
  • Certifique-se que seu filho come uma dieta saudável, bem equilibrada, que seja pobre em gorduras, alimentos açucarados e sais.
  • Mantenha o peso do seu filho dentro de uma faixa saudável. Você pode descobrir qual peso é saudável para a altura do seu filho e idade, marcando com o seu médico ou assistente de saúde.
  • Incentive seu filho a ser ativo. Isso pode ser através de ingressar em uma atividade da comunidade local ou clube, tais como natação ou tênis. Ou, você pode fazer isso em família, talvez indo para um passeio de bicicleta ou fazer caminhadas regulares através do parque.
  • Faça uma consulta com seu médico para discutir a saúde do seu filho, se você está preocupado com seu peso ou se você acha que ele pode estar em risco.
Se você estiver preocupada que seu filho esteja em risco de desenvolver diabetes tipo 2, é importante lembrar que você não está sozinha e há ajuda e apoio disponíveis através de seus serviços médicos locais e associações de diabéticos.
 
 
obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:http://www.diabetesevoce.com.br/blog/seu-filho-e-a-diabetes-tipo-2/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla