terça-feira, 5 de julho de 2016

Síndrome Mielodisplásica = - Tratamento Como cuidar do Cateter

Data de criação: 16 Março 2016
Última modificação: 28 Abril 2016
Cuidados importantes

A arte do cuidar
Chamados de anjos por muitos, os enfermeiros são os profissionais que mais ficam próximos do paciente durante todo o tratamento. 
A Enfermagem é uma mistura entre filosofia, que responde à grande questão existencial do homem, e a ciência e tecnologia, e objetiva a promoção, proteção, prevenção e recuperação da saúde.
No Brasil, este profissional tem nível superior e atua nas áreas assistencial, administrativa e gerencial de hospitais, postos de saúde e em domicilio. Dentro da enfermagem, também se encontram o auxiliar de enfermagem (nível fundamental) e o técnico de enfermagem (nível médio), que dão importante apoio ao enfermeiro. 
Veja algumas dicas destes profissionais para um melhor tratamento:

Cateter
O tratamento com quimioterapia pode ser feito de maneira endovenosa, ou seja, com aplicações diretas na veia do paciente.
cateter
A depender da quantidade de ciclos que serão feitos durante o tratamento, a utilização de cateteres pode ser indicada pelo médico especialista. Mas não se assuste! Essa é uma prática normal e que trará um maior bem-estar ao paciente. Dentre os tipos de cateteres disponíveis estão: PICC, Shilley ®, Arrow®, Port a Cath®, Hickman® e Perm Cath®.

O mais utilizado no tratamento do câncer é o Port a Cath®, cateter totalmente implantado por meio de um procedimento cirúrgico bastante simples. É através desse cateter que o paciente receberá os medicamentos e que será feita a coleta de sangue para a realização dos exames necessários.
A quantidade de tempo que ele será usado também depende de avaliação feita pelo médico responsável. Mas atenção! O uso de cateter implantado exige alguns cuidados essenciais, para que o paciente não fique exposto às infecções.
· É muito importante proteger o curativo realizado na pele no momento do banho, pois o local da punção não pode ser molhado de jeito algum.
· Durante a aplicação, tome muito cuidado com os fios, para que não aconteçam falhas durante o tratamento.
· No momento das refeições, também fique atento para que nenhum alimento ou líquido caia no local.
· Se estiver no hospital, não tenha receio de chamar a enfermeira se achar necessário.
· Em casa, evite traumas na região em que o cateter foi instalado. Se o paciente for criança, é importante que as brincadeiras que possam causar algum impacto sejam evitadas.
· Não há necessidade de passar produtos no local.
· É necessário fazer a limpeza interna do cateter. Este procedimento é chamado de “heparinização” ou “salinização” do cateter. O paciente deverá comparecer uma vez por semana no hospital ou ambulatório para fazer a troca da solução de heparina do interior do cateter.
· Se perceber algo diferente, não se sentir bem ou tiver dúvidas, não deixe de conversar com o seu médico o mais rápido possível.

Xô, dor!
dor onco
Não é novidade que o tratamento para o câncer é algo complicado de se enfrentar. E pode ficar pior se o paciente sentir a chamada “dor oncológica” durante o processo.

A dor pode ser um dos sintomas mais frequentes, e sua aparição irá depender da localização do tumor ou se há metástase. Ela pode se manifestar como queimação, ardor e formigamento, e pode ser aguda, ou seja, de curta duração, ou crônica, quando é persistente.
É muito importante descobrir o quanto antes de onde ela vem, para assim já iniciar o quanto antes o tratamento indicado. Sim, é possível aliviar este sintoma!
Hoje, dentre as opções de medicamentos estão os analgésicos, anti-inflamatórios, opioides, e os antidepressivos tricíclicos e anticonvulsivantes, que são importantes principalmente para o controle da dor neuropática (na região da cabeça).
Importante! Converse sempre com o seu médico e deixe claro tudo o que está sentindo. É você quem deve definir qual nível de dor está sentindo!

Higiene pessoal
Durante o tratamento ela deve ser aprimorada, pensando em prevenção de infecções. Estar com as mãos sempre limpas é a principal arma contra a contaminação por microorganismos. Para isso, use sabonetes e também álcool gel.
A higiene das mãos é a principal arma contra a contaminação por microorganismos e deve ser adotada pelo paciente e por todos os envolvidos no processo de cuidar, sempre. Para isso, utiliza-se o sabonete neutro ou líquido e álcool gel.
Também é importante:
- Utilizar escovas macias para escovação dos dentes, enxaguantes livres de álcool e evitar o uso de fio dental quando as plaquetas estão muito baixas;
- Sabonete, esponja de banho, toalhas, devem ser exclusivas do paciente. Como a imunidade fica bastante farigilizada, é melhor evitar qualquer risco de contrair alguma bactéria, certo?

Cuide de sua pele
creme hidratante pele corpo inverno
Não tem jeito: a quimioterapia e a radioterapia, um dos tratamentos mais eficazes contra os cânceres do sangue, causam uma série de efeitos colaterais enquanto fazem o seu trabalho de combate à doença. E a pele é uma das áreas que mais sofrem com isso.

Reações alérgicas, mudança na coloração, erupções em forma de acne (as famosas espinhas) e sensibilidade são alguns deles.
Se a pele ficar ressecada, é importante evitar ácidos, esfoliantes e sabonetes que tirem a oleosidade. Se aparecerem acnes, os ácidos já podem ser recomendados, associados a pomadas antibióticas. O uso de protetor solar não pode ser dispensado nunca. É aconselhado que cremes hidratantes e sabonetes sejam neutros, para não causar irritação na pele. Também é importante não utilizar desodorantes e retirar todo o resíduo de hidratante da pele antes de sessões de radioterapia.
Converse com seu médico e procure um dermatologista para saber quais os produtos ideais para você.

Dicas para o seu dia a dia
Quando se está em tratamento de uma doença grave, como o câncer, a rotina muda um pouquinho. Às vezes é necessário se afastar do emprego, da faculdade, das atividades físicas, e até mesmo dos passeios em família e com amigos.
Mas saiba que, ainda assim, é possível realizar atividades interessantes. Por exemplo:
· Ao acordar, tome um banho e troque de roupas. A vontade de ficar de pijama pode ser muito forte, mas ficar assim o dia inteiro te pode deixar deprimido;
· Mantenha a boa aparência, nada de relaxar! Passe um batom, coloque um lenço, um boné, e sinta-se bem com você mesmo;
· Não se isole das pessoas que ama! As redes sociais estão aí, e facilitam muito este contato (ainda que a distância)
· Nos períodos em que não estiver internado, veja com seu médico se pode fazer caminhadas, passeios. Atividades assim ajudam a espairecer.
· Cuide de sua família, filhos, esposa, marido. Lembre-se que eles estão ao seu lado neste momento, e também precisam de você. 

É constituído por profissionais com experiência na área de Onco-Hematologia, que se reúnem periodicamente com o objetivo de trabalhar por um melhor atendimento oncológico no país, no que diz respeito à promoção da saúde do paciente, e o restabelecimento de sua vida social.  Os membros que compõem este Comitê também ajudam na divulgação de informações e elaboração de materiais didáticos. 

Vídeo - Enfermagem
Silvana Soares dos Santos - Enfermeira Oncologista / Mestra pelo H.A.C.Camargo
- See more at: http://www.abrale.org.br/qualidade-de-vida/enfermagem#sthash.P2PfHGtX.dpuf






  obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs
Carla
- See more at: http://www.abrale.org.br/qualidade-de-vida/enfermagem#sthash.mnRkUC9L.dpuf

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla