quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Planos de Saúde Individuais: espécie em extinção

Operadoras de saúde vêm restringindo a oferta dos planos individuais aos consumidores
Em recente pesquisa “Saúde não é o que interessa”, o Idec constatou a dificuldade que os consumidores passam ao tentar contratar um plano de saúde individual (pessoa física): as operadoras de saúde vêm restringindo a oferta dos planos individuais ou familiares e, por outro lado, estão estimulando a venda de planos coletivos para pessoas físicas. 
 
Mas por quê? A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) estipula um teto anual de reajuste para os contratos individuais. Já os reajustes dos contratos coletivos não são submetidos a essa regulação. E os planos individuais não podem ser rescindidos unilateralmente pela operadora, ao contrário dos coletivos. Quando um contrato coletivo deixar de ser vantajoso à operadora, ela pode "liquidar a fatura" e expurgar os consumidores. 
 
Por outro lado, quando uma carteira de clientes (individuais ou coletivos) fica desvantajosa para uma operadora de saúde, ela pode vendê-la para outra, como aconteceu recentemente com a Golden Cross, que passou todos os seus clientes individuais para a Unimed.
 
O assunto foi tema de reportagem do Jornal Nacional do dia 1º de outubro. Veja o vídeo aqui.
 
Consumidor, caso seu plano de saúde faça reajustes abusivos na mensalidade, caso você queria mudar de plano e não encontre opções de planos individuais ou a operadora dificulte a portabilidade, relate seu caso à ANS e ao Procon. Ainda, é possível recorrer ao Poder Judiciário..
 
Confira nos links abaixo informações e dicas para você se proteger dos abusos das empresas de saúde na oferta e prestação de serviços de saúde:
 
> Saúde não é o que interessa: Reajustes dos planos coletivos não são regulados pela ANS. Mas pesquisa inédita do Idec revela que, mesmo assim, a Justiça tem considerado abusivos os percentuais impostos pelas operadoras
 
Individual ou coletivo? Descubra qual modalidade de plano de saúde contratar: Para decidir mais facilmente qual tipo de plano é mais vantajoso para você, o individual/familiar ou coletivo), veja a tabela nesta página.
 
> Operadoras abandonam plano de saúde individual: Três grandes operadoras de planos de saúde - Amil, Golden Cross e Intermédica - estão interrompendo ou restringindo a venda de planos individuais e por adesão, modalidade que atende principalmente os profissionais liberais. Atualmente, há quase 10 milhões de usuários com convênios médicos individuais no país.
 
> A falsa coletivização de contratos nos planos de saúde: Artigo da advogada do Idec Joana Cruz.
 
> Venda da Golden Cross para a Unimed Rio - saiba seus direitos: A partir de 1º de outubro, 160 mil clientes de todo Brasil serão atendidos pela nova operadora.
 
> Ajude a levarmos o Manifesto para a presidente Dilma. Muitas queixas aos planos existem porque os consumidores não têm acesso à saúde pública no Brasil. O Idec e outras 33 entidades lançaram um Manifesto em defesa ao SUS (Sistema Único de Saúde). Participe!
 
obs. conteúdo meramente informativo
abs,
Carla
extraído: http://www.idec.org.br/consultas/dicas-e-direitos/planos-de-saude-individuais-especie-em-extinco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla