sexta-feira, 19 de maio de 2017

Menopausa cedo aumenta risco de Insuficiência Cardíaca

Quinta, 18 de Maio de 2017
 
Fonte de imagem: Ask Doctor K
 
As mulheres que entraram na menopausa numa idade mais jovem apresentam um maior risco de sofrerem insuficiência cardíaca, apontou um novo estudo.

As hormonas reprodutoras, segundo apuraram estudos anteriores, parecem influenciar o risco de doença cardíaca nas mulheres e aquelas que experienciam a menopausa mais cedo poderão correr um risco mais elevado de desenvolverem aquele tipo de doença. O ciclo menstrual e a gravidez poderão afetar os níveis hormonais no período reprodutor.

O estudo conduzido pela Faculdade de Medicina da Universidade da Califórnia em San Francisco, EUA, contaram com os dados de 28.516 mulheres que tinham participado no estudo Iniciativa de Saúde nas Mulheres (“Women's Health Initiative”).

As participantes encontravam-se na menopausa, tinham e não sofriam de doença cardiovascular no início do estudo.

Os investigadores testaram associações entre o número total de nados-vivos, idade da primeira gravidez de pelo menos seis meses e a duração reprodutora total, ou seja, idade da primeira menstruação até à menopausa, e a ocorrência de insuficiência cardíaca.

As participantes foram seguidas durante 13,1 anos em média e durante esse período 5,2 % das mulheres foram hospitalizadas por insuficiência cardíaca. A duração reprodutora mais curta foi associada a um risco acrescido de insuficiência cardíaca, que foi relacionada com a menopausa numa idade mais jovem, sendo mais evidente em mulheres com uma menopausa natural e não de natureza cirúrgica.

As mulheres que nunca se tinham reproduzido apresentavam um risco mais elevado de insuficiência cardíaca diastólica. Segundo a equipa, esta relação não aparentou ser devida a infertilidade.

Nisha I. Parikh, autora principal do estudo e professor assistente naquela Faculdade, comentou os resultados: “o nosso achado que uma duração reprodutora total mais curta estava associada com um aumento modesto no risco de insuficiência cardíaca poderá ser devido ao maior risco de doença coronária que acompanha a menopausa mais precoce”.

“Estes achados justificam uma avaliação contínua dos potenciais mecanismos cardio-protetores da exposição das mulheres às hormonas sexuais “.
 
Referência
Estudo publicado na revista “Journal of the American College of Cardiology”
 
obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs
Carla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla