sábado, 8 de fevereiro de 2014

Dificuldade de Mastigação


O tratamento do câncer tem por finalidade a cura ou alívio dos sintomas da doença. Os tratamentos com medicamentos (quimioterapia, terapia alvo, hormonioterapia), cirúrgicos e radioterápicos podem provocar efeitos colaterais que variam de paciente para paciente dependendo de múltiplos fatores, podendo ser diferentes quanto a intensidade e duração. Alguns pacientes poderão apresentar efeitos colaterais mais severos, outros mais leves ou mesmo não apresentar qualquer efeito colateral. Em caso de você apresentar algum efeito colateral devido ao tratamento que está realizando procure imediatamente seu médico para receber as orientações necessárias para seu caso.


A dificuldade de mastigação pode ser resultado de dores na boca, rigidez ou dor nos músculos da mandíbula assim como problemas dentários.

Causas
A dificuldade de mastigação pode ser resultado de alterações físicas na boca, queixo ou língua causada pelo câncer, especialmente de boca e orofaringe, mas, também pode ser um efeito colateral do tratamento. A cirurgia, radioterapia ou quimioterapia podem causar problemas de mastigação que incluem:
  • Feridas, dor ou inflamação na boca (mucosite).
  • Boca seca em função da radioterapia, quimioterapia ou medicamentos.
  • Doença na gengiva, cáries dentárias ou perda de dentes.
  • Dor e rigidez nos músculos da mandíbula.
  • Dor na boca, causada por alguns tipos de quimioterapia.
  • Perda de tecido e massa óssea na mandíbula.
  • Mudanças físicas na boca, queixo ou língua.
Como agir
Como os problemas de mastigação interferem com a alimentação é importante conversar com o médico sobre as opções de tratamento. O médico pode encaminhá-lo ao fonoaudiólogo, profissional especializado em ajudar a movimentar os músculos da boca e garganta. O fonoaudiólogo pode ensinar a pessoa como mastigar mais facilmente, especialmente se a cirurgia alterou a estrutura da boca ou língua.
Um dentista pode avaliar a dor dentária, da gengiva ou problemas na prótese. Em alguns casos, pode ser prescrito o uso de um gel especial ou lavagens bucais para a prevenção de cáries dentárias ou doenças nas gengivas. Cuidar bem dos dentes e boca, mantendo uma escovação adequada e o uso do fio dental ajuda a prevenir problemas dentários.
O médico ou dentista podem prescrever medicamentos para reduzir a inflamação e a dor. Algumas vezes pode ser indicada a realização da lavagem bucal antes das refeições. Pacientes com infecções da boca, por fungos podem precisar da administração de medicamentos para tratar a infecção.
Os problemas de mastigação causados por dor e rigidez da mandíbula podem ser tratados com relaxantes musculares, fisioterapia ou em alguns casos, com cirurgia.
Dicas de Alimentação para Pacientes com Dificuldade de Mastigação
Dependendo da gravidade e causa dos problemas de mastigação, algumas sugestões podem funcionar melhor para alguns pacientes do que para outros. Tente o consumo de alimentos diferentes com o objetivo de manter uma dieta nutritiva como:
  • Comer alimentos macios, suaves, como o iogurte, pudim e sorvete.
  • Preparar purês de legumes, carnes, sopas em caçarolas.
  • Umedecer levemente os alimentos secos com caldo de carne, molhos, manteiga ou leite.
  • Tomar goles de água ou outros líquidos enquanto come para manter a boca úmida.
  • Tentar um preparo mais suave de suas frutas e legumes favoritos, como purê de maçã ou cenoura.
  • Escolher frutas e legumes mais macios, como bananas ou ervilhas.
  • Cortar os alimentos em pedaços pequenos e mastigar lentamente.
  • Se estiver perdendo peso, coma porções menores, em intervalos menores.
  • Evitar alimentos secos, ásperos ou duros, que precisam de muita mastigação.
obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:http://www.oncoguia.org.br/conteudo/dificuldade-de-mastigacao/205/109/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla