quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Ceará realiza o Primeiro Transplante de Medula Óssea com Doador

O Blog Reccomecar está participante do Prêmio Top Blog 2013 e esta semana foi eleito entre os 100 Top blogs categoria saúde.

Até o dia 10 de março(10/03/2014), é o período de votação para escolher os 03finalistas!!!
Conto com seu voto!!!




Médicos do Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), em parceria com o Centro de Hematologia e Hemoterapia (Hemoce), realizaram nesta terça-feira (11) o primeiro transplante de medula alogênico do Ceará. O transplante alogênico é aquele em que o paciente recebe medula óssea de um doador, que pode ser parente ou não do paciente. Com duração de 30 minutos, o transplante foi realizado em um paciente de 29 anos de Tabuleiro do Norte, diagnosticado com leucemia aguda grave.
O transplante de medula é um tratamento que pode beneficiar pacientes com doenças em diferentes estágios, como leucemias, linfomas, anemias graves, hemoglobinopatias, imunodeficiências congênitas, erros inatos de metabolismo, mieloma múltiplo e doenças autoimunes. O procedimento consiste em substituir uma medula óssea deficiente por células normais de medula óssea, com a finalidade de reconstituir uma medula saudável.
Seis pacientes aguardam doação de medula compatível. Cerca de 25% dos pacientes têm a chance de encontrar um doador compatível entre irmãos. Caso não seja encontrado entre familiares, procura-se no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome). A chance de encontrar alguém compatível é de 1 a cada 100 mil pessoas.
De acordo com Fernando Barroso, médico hematologista e chefe da equipe de transplante de medula do Hemoce, “o transplante é resultado de 14 anos de luta”. Desde setembro de 2008 o Hemoce, em parceria com o Hospital Universitário, realizam transplantes de medula autólogo, para o qual o paciente recebe suas próprias células sadias. Ao todo, 128 procedimentos foram realizados até agora.
O transplante de medula alogênico no Ceará foi autorizado em outubro de 2013, pelo Ministério da Saúde. Com a realização desse tipo de transplante, não haverá mais a necessidade de encaminhar pacientes para fazer o procedimento em outros estados, como São Paulo, Santa Catarina e Rio de Janeiro.
Fonte: G1

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:http://www.abrale.org.br/noticia/consumidor-tem-papel-fundamental-no-monitoramento-de-operadoras-diz-ans

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla