sábado, 28 de janeiro de 2017

GLIBENCLAMIDA E METFORMINA SÃO SEMELHANTES NO CONTROLE DA GLICOSE DURANTE A DIABETES GESTACIONAL

Para pacientes com diabetes mellitus gestacional (DMG), Glibenclamida e Metformina são comparáveis em termos de controle de glicose e de segurança, de acordo com um estudo publicado na Diabetes Care.
Zohar Nachum, MD, do Emek Medical Center em Afula, Israel, e colegas, randomizaram pacientes com o DMG com gestação de 13 a 33 semanas cujas glicemias eram mal controladas pela dieta para receber glibenclamida ou metformina (53 e 51 pacientes, respectivamente). Uma outra droga seria adicionada se o controle glicêmico ideal não fosse alcançado. Se os efeitos adversos ocorressem, a droga seria substituída. Seria adicionado a insulina se ambos os tratamentos falhassem.
Os pesquisadores descobriram que Glibenclamida foi incompatível em 18 pacientes devido a efeitos adversos e falta de controle glicêmico (6 e 12 pacientes, respectivamente). Metformina falhou em outros 15 pacientes devido a efeitos adversos e falta de controle glicêmico (1 e 14 pacientes, respectivamente).
O grupo de metformina teve maior sucesso do tratamento após terapia de segunda linha em comparação com o grupo de Glibenclamida (87% vs 50%, respectivamente). Nos grupos de glibenclamida e metformina, 17% e 4% dos pacientes, respectivamente, foram eventualmente tratados com insulina. A necessidade de insulina foi reduzida de 32% para 11% dos pacientes após a combinação das drogas. A média diária de glicose no sangue, macrosomia, hipoglicemia neonatal e desequilíbrio eletrolítico foram comparáveis entre os grupos.
“Sua combinação demonstra uma taxa de eficácia elevada com uma significativamente menor necessidade de insulina, com uma possível vantagem para metformina sobre Glibenclamida como terapia de primeira linha”, observam os autores.

REFERÊNCIA

  1. Nachum Z, Zafran N, Salim R, et al Glyburide vs Metformina e sua combinação para o tratamento de diabetes mellitus gestacional: A estudo randomizado controlado. Diabetes Care. 2017. doi:10.2337 / dc16-2307

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs
Carla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla