Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Transplantados Renais ficam sem remédio no Estado de São Paulo

14.01.2017 - 11:03   por Lucilene Oliveira

Transplantados ficam sem remédio no estado de São Paulo

Remédio de transplantados some de farmácias do Estado de SP
Pacientes que passaram por transplante de rim estão sem conseguir retirar o remédio tacrolimo nas farmácias de alto custo, ligadas à gestão Geraldo Alckmin (PSDB).
O medicamento sumiu das prateleiras há pelo menos dez dias.
Funcionários da unidade Vila Mariana (zona sul) afirmam aos pacientes não ter prazo para o reabastecimento do produto.
Os quatro comprimidos diários são de uso contínuo.
São os únicos capazes de evitar que o corpo do transplantado rejeite o órgão.
Quem foi na unidade estadual em busca do remédio voltou para casa indignado.
"Eu saí de Guaxupé, Minas Gerais, às três da madrugada, cheguei aqui (na farmácia da Vila Mariana) às 8h e estou saindo agora (meio-dia) sem o remédio", diz o pedreiro Hilário Gomes de Paula, 45 anos
Resposta
A Secretaria Estadual da Saúde, ligada à gestão Geraldo Alckmin (PSDB), culpou o Ministério da Saúde pelo desabastecimento do tacrolimo.
A nota disse que, na última entrega, em 20 de dezembro, apenas 0,36% do medicamento foi entregue.
A nova previsão era entregar ontem mais 0,5%, o que não ocorreu
O Ministério da Saúde, sob gestão Michel Temer (PMDB), negou irregularidades e disse que o tacrolimo está regular no Estado.
"A pasta enviou em dezembro mais de 19 mil comprimidos para atendimento aos pacientes. Outra remessa está prevista para chegar ao Estado nos próximos dias", diz.

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico

abs

Carla

Fonte: agora.uol.com.br
http://www.agora.uol.com.br/saopaulo/2017/01/1849843-remedio-de-transplantados-some-de-farmacias-do-estado.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla