quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Câncer e Diabetes

Como fica o tratamento do diabetes quando o câncer e diagnosticado?

Fonte: Revista Jeito de Viver
Uma publicação da ADJ Diabetes Brasil
Vivemos em busca de informações e novidades que possamos ajudar em nossa rotina diária com o diabetes. O tratamento está em constante evolução. Tudo em busca de um menor controle.
Mas, o que ocorre quando nós temos diabetes e recebemos o diagnostico de uma outra doença como o câncer?
A revista Jeito de Viver procurou a ginecologista e obstetra Dra. Maria Gabriella Giusa. que tem muita experiência no assunto, para nos ajudar a entender melhor
Câncer e diabetes
Revista Jeito de Viver: como fica o tratamento do diabetes quando o câncer é diagnosticado?
Dra. Gabriella: O tratamento do diabetes deve ser realizado normalmente, como o médico endocrinologista que o acompanha. Durante o tratamento pode haver necessidade de alteração de dose e/ou medicação para o diabetes. Assim o tratamento deve ser feito de maneira multiprofissional, ou seja, associação do oncologista. e endocrinologista, nutricionista. A atividade fisica é muito importante e deve ser estimulada, quando possível.
Revista Jeito de Viver: O câncer influencia no controle glicêmico de que tem diabetes? Por conta do estresse?
Dra. Gabriella: O tratamento do câncer pode influenciar no controle do diabetes, pois pode haver aumento ou perda de peso,uso de outras medicações como glicocorticoides e, desta forma, deve-se ajustar a medicação. O estresse, a cirurgia e as infecções também podem descompensar o diabetes.
Revista Jeito de Viver: E no caso das pessoas que não tem diabetes também existe um tratamento da glicemia?
Dra. Gabriella: Poderá haver aumento dos n´veis de açúcar durante o tratamento de câncer em pacientes não diabéticos com uso de glicocorticoides. Esta classe de medicamentos é usada no intuito de diminuir a inflamação, náuseas e quadros alérgicos.
Revista Jeito de Viver: Existe forma de minimizar estes efeitos na glicemia?
Dra. Gabriella: A escolha das medicações quimioterápicas, o controle endocrinológico associado à dieta podem minimizar os efeitos.
Revista Jeito de Viver: E a radioterapia, influencia na glicemia?
Dra. Gabriella: Os efeitos indesejáveis mais comuns na radioterapia são cansaço, e reações da pele e perda de apetite e, principalmente, esta última ´pode alterar a glicemia.
Revista Jeito de Viver: Existe alguma conduta especifica em pacientes com câncer por conta do diabetes?
Dra. Gabriella: A escolha dos quimioterápicos se faz necessária, no intuito de minimizar os efeitos colaterais.
Revista Jeito de Viver: Existe alguma pesquisa que relacione câncer e diabetes?
Dra. Gabriella: Sim, existem várias pesquisas que mostram associação de câncer  e diabetes, entre elas encontra-se o câncer de endométrio, o câncer da mama e colonrretal.
obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla