Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




sábado, 23 de novembro de 2013

ROTULOS DOS ALIMENTOS: Como interpretá-los, a escolha certa e a legislação

A escolha de alimentos é um processo essencial no tratamento dos diabéticos, pois o consumo de alimentos inadequados pode acarretar alterações nos níveis desejáveis de glicose no sangue.

Fonte: As receitas do Instituto do Coração (INCOR)
Por: Aparecida de Oliveira – Nutricionista
Para auxilia-nos nesta escolha, temos à disposição as informações sobre o produto. Precisamos saber interpretá-las
CONHECENDO O ROTULO:
ROTULOS DOS ALIMENTOS Como interpretá-los, a escolha certa e a legislação
Segundo a legislação brasileira, rótulo “é toda inscrição, legenda, imagem ou matéria descritiva ou gráfica que esteja escrita, impressa, estampada, gravada em relevo ou litografada ou colada sobre a embalagem do alimento” e deve conter as seguintes informações:
  • Nome do produto
  • Identificação da origem
  • Lista de ingredientes
  • Conteúdo líquido
  • Identificação do lote
  • Prazo de validade
  • Condições de armazenamento (antes e depois da embalagem ser aberta)
  • Instruções sobre o preparo e uso do alimento
  • Riscos que representam para a saúde e segurança dos consumidores.
Estas informações devem estar escritas de forma clara, precisa, ostensiva e em língua portuguesa
Também é importante ressaltar, que o código de barras não substitui o rótulo do produto
COMO ESCOLHER:
A rotulagem de alimentos para dietas com restrição de açúcares (destinadas aos diabéticos), alem das informações obrigatórias vistas anteriormente deve apresentar também:
  • O termo diet:
Conforme explicado no artigo da página 39, existe diferença entre alimentos “diet” (isento de açúcares) “ligth” (com teor reduzido de calorias). Por esta diferença, é importante que no produto venha especificado “DIET”, informando assim, que pode ser consumido pelo diabético.
  • Informação Nutricional relativa ao seu conteúdo de açúcares:
Deve constar que é isento de glicose e/ou sacarose ou ainda, constar no máximo 0,5 gramas de sacarose, frutose e/ou glicose por 100 gramas ou 100 ml do produto final a ser consumido. No caso de adoçantes dietéticos, não é tolerada a utilização de sacarose, frutose e glicose, na sua composição
  • Informação Nutricional complementar:
Refere-se aos demais componentes nutricionais do produto, como por exemplo: Proteínas, Gorduras, Fibras, etc…, por 100 gramas ou 100 ml do produto pronto para o consumo.
Se o produto for importado, deve ser acrescentada a identificação do importador, abrangendo o nome ou razão social e endereço.
Também se deve observar os tipos de adoçantes utilizados em substituição ao açúcar no preparo desses alimentos.
Estas informações poderão ser obtidas, no rótulo, com a denominação: Edulcorantes ( artificiais ou naturais). Edulcorantes e adoçantes dietéticos, apesar de terem nomes diferentes, têm o mesmo significado.
ESCLARECENDO DÚVIDAS:
Existem normas legais que tratam  da rotulagem de alimentos embalados, as quais você pode consultar:
  • Portaria do Ministério da Saúde –  Nº 42 de 14/01/1998. Trata da rotulagem geral de alimentos embalados
  • Portaria do Ministério da Saúde – Secretaria de Vigilância Sanitária Nº 27 de 13/01/1998, trata da criação de atributos aos novos produtos, incluindo critérios para “Ligth”.
  • Portaria do Ministério da Saúde – Secretaria de Vigilância Sanitária Nº 29 de 13/01/1998. Trata da rotulagem de alimentos especialmente formulados ou processados, nos quais se introduzem modificações de nutrientes, adequados à utilização em dietas diferenciadas, atendendo às necessidades de pessoas em condições metabólicas e fisiológicas  especificas (com hipertensão, diabetes, etc..). A categoria dos alimentos “Diet”, está coberta por esta portaria.
Um grande número de empresas privadas possui o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC, SIC, etc.) que esclarece dúvidas relacionadas aos produtos por elas fabricados. A forma de contato (por telefone, carta, ou e-mail) constam também no rótulo.
“ABRA OS OLHOS” E LEMBRE-SE: TER ACESSO A INFORMAÇÕES QUE DIZEM RESPEITO A SUA SAÚDE, É UM DIREITO SEU!
obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla