Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Tipo de Câncer Infantil - Neuroblastoma

Neuroblastoma

O neuroblastoma é um tumor sólido que pode se desenvolver no tecido nervoso do pescoço, tórax, abdômen ou pélvis, mas usualmente origina-se nos tecidos da glândula supra-renal. Tumores dessa natureza correspondem a 7,8% de todos os tipos de câncer entre crianças com menos de 15 anos de idade. Cerca de 97% dos neuroblastomas são malignidades embrionárias do sistema nervoso simpático que ocorrem quase exclusivamente em recém-nascidos e crianças muito novas. De fato, os neuroblastomas são a forma de câncer mais freqüente na infância, com uma incidência duas vezes maior do que a leucemia, a segunda forma de câncer mais comum nos primeiros anos de vida. Em muitos casos, quando diagnosticado, o câncer normalmente já produziu metástase para os linfonodos, fígado, pulmões, ossos e medula óssea. O neuroblastoma é um tumor predominantemente da primeira infância. Dois terços das crianças com neuroblastoma são diagnosticadas quando têm menos de 5 anos de idade. Muitas vezes o neuroblastoma já está presente por ocasião do nascimento.
Quais são os principais sintomas?
Os sintomas mais comuns do neuroblastoma são resultantes da pressão do tumor. Olhos estufados e olheiras são comuns e são causados pelo câncer que se espalhou por trás dos olhos. O neuroblastoma pode pressionar a coluna, causando até paralisia. Febre, anemia e pressão alta são encontradas ocasionalmente. Raramente, crianças podem ter diarréia violenta, movimentos musculares irregulares e não coordenados ou movimento ocular descontrolado.
Qual é a causa do neuroblastoma?
Sabe-se pouco sobre a etiologia de tumores do sistema nervoso simpático. Como a maioria acontece em recém-nascidos ou crianças novas, uma maior investigação é necessária sobre os eventos que ocorrem antes da concepção ou durante gestação. Existem vários fatores sendo estudados, mas a evidência de associação com o neuroblastoma ainda é fraca ou mesmo conflitante. Os fatores em estudo são:
Medicações: dois estudos registraram um aumento de risco quando mães usaram medicações durante a gestação, tais como: anfetaminas, diuréticos, tranqüilizantes e relaxantes musculares ou medicação para infecção vaginal;
Hormônios: dois estudos registraram um aumento de risco associado com a utilização de hormônios, um deles indicando um aumento 10 vezes maior;
Características do feto ao nascer: um estudo indicou um aumento de risco associado ao baixo peso ao nascer e um efeito protetor para parto antes do tempo;
Anomalias congênitas: uma variedade de anomalias tem sido registrada ocorrendo juntamente com neuroblastoma, em um número pequeno de casos, mas nenhum padrão consistente foi observado;
Aborto espontâneo prévio ou morte fetal: um aborto espontâneo prévio foi associado com um aumento de risco em um estudo, mas resultados de um segundo estudo mostrou justamente o contrário;
Consumo de bebidas alcoólicas: um estudo demonstrou uma associação com neuroblastoma em quantidade de doses consumidas durante a gestação, mas um segundo estudo não encontrou associação;
Uso de produtos de fumo: estudos recentes encontraram uma associação entre a utilização de fumo durante a gestação e o risco do neuroblastoma no feto, mas a associação é fraca;
Exposição ocupacional paterna: três estudos relataram resultados conflitantes sobre o risco associado à ocupação paterna nas áreas de eletrônica, agricultura e o empacotamento e distribuição de certos materiais. Os agentes considerados foram campos eletromagnéticos, pesticidas, hidrocarbonetos, poeiras, borracha, tinta e radiação. Conforme o National Cancer Institute, os fatores de risco mais sugestivos para o risco de neuroblastoma nos fetos são justamente a utilização de medicações diversas e hormônios durante a gestação.
Qual é o tratamento para o Neuroblastoma? 
O tipo de tratamento depende da idade do paciente, localização do tumor, estágio da doença por ocasião do diagnóstico, biologia do tumor, etc. Em termos gerais, existem quatro tipos de tratamento: cirurgia, radioterapia, quimioterapia ou transplante de medula óssea. Esse último procedimento pode ser necessário para substituir o tecido danificado pela radioterapia ou quimioterapia. A medula óssea utilizada no transplante pode ser do próprio paciente, que foi retirada anteriormente ao tratamento para posterior reposição).
Fonte: National Cancer Institute: SEER Pediatric Monograph http://www.seer.cancer.gov/Publications e National Childhood Cancer Foundationhttp://www.nccf.org/childhoodcancer/index.asp

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:http://sobope.org.br/apex/f?p=106:13:16246292975201::NO::DFL_PAGE_ID:307

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla