quinta-feira, 16 de junho de 2016

Hemoglobinúria Paroxística Noturna

Hoje, os principais tipos de tratamento para HPN são:

Transplante de medula óssea - TMO
A depender da situação clínica do paciente, o transplante de medula óssea, hoje chamado por transplante de células-tronco hematopoéticas (TCTH), é o tratamento mais indicado e o único que possibilita a cura da doença. Neste caso, será realizado o transplante alogênico, ou seja, quando há a necessidade de encontrar um doador 100% compatível. Para entender melhor, clique aqui.(http://abrale.org.br/doencas/transplante-de-medula-ossea)

Medicamentos
O tratamento mais recente é o anticorpo monoclonal Eculizumab. Para entender melhor, os anticorpos são proteínas produzidas no nosso organismo que ajudam no combate às bactérias e vírus. Com o avanço da biotecnologia, se tornou possível produzir em laboratório os anticorpos monoclonais, específicos para combater o problema.
O objetivo deste medicamento é bloquear uma das etapas responsáveis pela “quebra” dos glóbulos vermelhos. Embora não tenha a função de curar, essa droga diminui a necessidade de transfusões sanguíneas e ameniza os sintomas.   
Para os que apresentam falta de ferro no organismo, comprimidos de ferro são receitados. Os médicos podem ainda indicar a reposição de ácido fólico, vitamina que ajuda a medula óssea produzir células sanguíneas, além de um anticoagulante (heparina).   
**O Eculizumab ainda não está disponível no Brasil. A Abrale oferece gratuitamente Apoio Jurídico(08007739973) a todos os pacientes do Brasil. Se você está enfrentando alguma dificuldade em seu tratamento, não hesite em nos contatar!

Transfusão de sangue
Se o paciente apresentar anemia, pode ser necessária a realização das transfusões de sangue.

Acompanhamento médico
O tratamento para a HPN possibilita bons resultados para o paciente, mas é muito importante realizar a chamada manutenção. O médico precisa ficar a par de todos os acontecimentos, para caso precise mudar a terapia, o faça rapidamente.

Converse sempre com seu médico, questione sobre seu quadro, o tratamento e as respostas que está obtendo. Sinta-se à vontade para falar sobre tudo. E siga à risca os cuidados indicados pelo especialista, sempre.

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs
Carla
http://abrale.org.br/hpn/tratamento

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla