sexta-feira, 31 de março de 2017

Teste de eletrocardiograma prevê risco cardiovascular no diabetes tipo 1





 
Um novo estudo descobriu que um eletrocardiograma anormal (ECG) pode indicar um possível risco de eventos cardiovasculares em pessoas com diabetes tipo 1.
 
Pessoas com diabetes tipo 1 estão em maior risco de doença cardiovascular (DCV), e sinais de aviso de complicações cardíacas podem passar despercebidas sem rastreio adequado.
 
Aqui, os pesquisadores tentaram descobrir se os problemas com a variação do ritmo cardíaco detectado através de um ECG podem sinalizar um aumento do risco de um evento DCV.
 
Eles acompanharam 1.306 adultos com diabetes tipo 1 do estudo Diabetes Control and Complications Trial / Epidemiology of Diabetes Interventions and Complications (DCCT / EDIC).
 
Entre todos os participantes, 155 tiveram seu primeiro evento de DCV ocorrendo durante um acompanhamento de 19 anos pela equipe de pesquisa na Escola de Medicina de Wake Forest, na Carolina do Norte.
 
A maioria dos participantes desenvolveu infarto do miocárdio (IM), outros sofreram AVC, angina grave ou revascularização coronariana. Sete morreram de um desses eventos de DCV.
 
Analisando os ECGs realizados nessas pessoas antes do evento DCV, os pesquisadores descobriram que as anormalidades detectadas nas leituras eram indicativas de possíveis riscos.
 
Isto foi depois de ter em conta outros co-fatores de risco.
 
As principais anormalidades do ECG, o tipo de sinalização de coisas como uma arritmia perigosa ou danos ao músculo cardíaco, foram associadas a um risco mais do que duplo para os eventos DCV.
 
Contudo, anormalidades menores de ECG que não indicaram necessariamente doença não foram associadas retrospectivamente com um aumento significativo no risco de DCV para os participantes.
 
Os pesquisadores observaram que cada visita anual em que uma anomalia de ECG maior foi detectada adicionou outro aumento de 30 por cento ao risco para um evento possível de DCV.
 
Os resultados sugerem que é válido recomendar para as pessoas com diabetes tipo 1 realizarem um ECG anual, mesmo na ausência de sintomas, para detectar qualquer condição cardíaca silenciosa.
 
 
obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs
Carla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla