terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Náuseas e Vômitos no Tratamento do Câncer


O tratamento do câncer tem por finalidade a cura ou alívio dos sintomas da doença. Os tratamentos com medicamentos (quimioterapia, terapia alvo, hormonioterapia), cirúrgicos e radioterápicos podem provocar efeitos colaterais que variam de paciente para paciente dependendo de múltiplos fatores, podendo ser diferentes quanto a intensidade e duração. Alguns pacientes poderão apresentar efeitos colaterais mais severos, outros mais leves ou mesmo não apresentar qualquer efeito colateral. Em caso de você apresentar algum efeito colateral devido ao tratamento que está realizando procure imediatamente seu médico para receber as orientações necessárias para seu caso.

Alguns tipos de quimioterapia podem causar náuseas e vômitos, que podem ocorrer durante o tratamento, após ou dias depois a administração da químio. As náuseas e vômitos leves podem ser bastante desconfortáveis, mas geralmente não causam problemas graves. Os vômitos persistentes podem levar a desidratação, desequilíbrio hidroeletrolítico, perda de peso, queda do estado geral, o que pode implicar na suspensão do tratamento.

Causas
As náuseas e os vômitos em pessoas em tratamento do câncer podem ser causados por:
  • Radioterapia no cérebro, medula, abdome, pelve ou de corpo inteiro.
  • Metástase cerebral.
  • Intestino obstruído.
  • Desequilíbrio hidroeletrolítico.
  • Infecções ou hemorragias no sistema gastrointestinal.
  • Doenças cardíacas.
  • Medicamentos.
O vômito agudo é o que ocorre nas primeiras 24h após o tratamento. O vômito tardio pode aparecer até dois ou mais dias após o tratamento.
As pessoas com mais propensão a apresentar náuseas e vômitos por quimioinduzida são:
  • Pessoas que já tenham vomitado após tratamento de câncer.
  • Pessoas que são propensas a enjoos.
  • Pessoas que ficam ansiosas antes do tratamento.
  • Pessoas com idade inferior a 50, especialmente as mulheres.
Prevenção e Manejo

Sempre que possível, o ideal é prevenir as náuseas e os vômitos. Existem muitos medicamentos disponíveis para ajudar a reduzir ou parar o vômito, como por exemplo, os antieméticos que podem ser prescritos antes do início do tratamento. Alguns tratamentos comportamentais, como relaxamento e mentalização, podem ajudar no controle das náuseas e vômitos.

Dicas
  • Uma maneira de evitar os vômitos é evitando as náuseas, para isso se recomenda o consumo de alimentos e bebidas de fácil digestão.
  • Planeje sua alimentação, algumas pessoas se sentem melhor quando comem antes da quimioterapia, outras preferem não comer nada, isso é muito variável, entretanto deve-se aguardar pelo menos uma hora após a quimioterapia para poder ingerir algum tipo de alimento ou bebida.
  • Faça pequenas refeições, de preferência de 5 a 6 por dia. Não ingira muito líquido antes, nem durante as refeições e não deite imediatamente após a refeição.
  • Consuma alimentos e bebidas mornos e frescos, aguarde que os alimentos e bebidas quentes se esfriem e evite bebidas gasosas.
  • Evite alimentos e bebidas fortes como café, peixe, cebola, alho ou alimentos muito quentes, isso pode desencadear náuseas e, por conseguinte vômitos.
  • Antes do início da quimioterapia é bom relaxar. Procure praticar atividades de que goste, por exemplo, meditar, ler um livro ou escutar música. Isto fará que você sinta menos náuseas.
  • Avalie com o médico os medicamentos antieméticos, verifiquem se eles estão fazendo efeito ou não. Comunique ao médico se sentiu náuseas e vômitos e por quanto tempo, mencionando se vomitou logo após comer algum alimento, tomar alguma bebida ou se foi quando tomou algum medicamento.


obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:http://www.oncoguia.org.br/conteudo/nauseas-e-vomitos/1334/109/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla