domingo, 26 de janeiro de 2014

Retenção de Líquidos no tratamento do câncer


O tratamento do câncer tem por finalidade a cura ou alívio dos sintomas da doença. Os tratamentos com medicamentos (quimioterapia, terapia alvo, hormonioterapia), cirúrgicos e radioterápicos podem provocar efeitos colaterais que variam de paciente para paciente dependendo de múltiplos fatores, podendo ser diferentes quanto a intensidade e duração. Alguns pacientes poderão apresentar efeitos colaterais mais severos, outros mais leves ou mesmo não apresentar qualquer efeito colateral. Em caso de você apresentar algum efeito colateral devido ao tratamento que está realizando procure imediatamente seu médico para receber as orientações necessárias para seu caso.

Edema é o inchaço causado pelo acúmulo anormal de líquido no corpo. O edema é mais comum nos pés e pernas, mas também pode ocorrer nas mãos, braços, rosto, abdome e nos pulmões.

Causas
O edema pode ser causado por fatores como:
  • Câncer, especialmente rim, fígado, ou ovário.
  • Alguns tipos de quimioterapia.
  • Medicamentos, como corticosteroides e anti-inflamatórios.
  • Baixos níveis de proteína no sangue, causado pela má alimentação.
  • Inatividade física.
  • Problemas com o funcionamento dos rins, fígado ou coração
Sintomas
Pacientes com edema pode apresentar sintomas como:
  • Inchaço ou sensação de peso.
  • Roupas, sapatos, anéis, relógios apertados.
  • Diminuição da flexibilidade das articulações nos braços e pernas.
  • Pele mais brilhante.
  • Aumento de peso rápido.
  • Diminuição da quantidade de urina
Diagnóstico
O diagnóstico do edema implica a realização de exame físico e exames de sangue, urina e Raios X.
Gerenciamento
O gerenciamento do edema é focado na correção da causa do acúmulo de líquidos. Em algumas pessoas, o edema causado por medicamentos ou má nutrição é reversível. O edema causado pelo câncer, doenças renais, cardíacas ou do fígado são mais difíceis de tratar e podem ser permanentes.
Sugestões que podem ajudar a reduzir o inchaço e aliviar os sintomas:

  • Uso de diuréticos sempre sob prescrição médica.
  • Dieta balanceada.
  • Redução da quantidade de sal na alimentação.
  • Caminhar ou fazer outros exercícios para ativar a circulação.
  • Elevar a área afetada quando sentado ou deitado.
  • Evitar ficar em pé por longos períodos ou sentado de pernas cruzadas.
  • Usar meias de compressão elástica ou luvas elásticas.
  • Não reduzir a quantidade de água ou outros líquidos ingeridos, sem consultar o médico.
obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:http://www.oncoguia.org.br/conteudo/retencao-de-liquidos/217/109/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla