Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Plaquetopenia - nível baixo de plaquetas no tratamento do câncer


O tratamento do câncer tem por finalidade a cura ou alívio dos sintomas da doença. Os tratamentos com medicamentos (quimioterapia, terapia alvo, hormonioterapia), cirúrgicos e radioterápicos podem provocar efeitos colaterais que variam de paciente para paciente dependendo de múltiplos fatores, podendo ser diferentes quanto a intensidade e duração. Alguns pacientes poderão apresentar efeitos colaterais mais severos, outros mais leves ou mesmo não apresentar qualquer efeito colateral. Em caso de você apresentar algum efeito colateral devido ao tratamento que está realizando procure imediatamente seu médico para receber as orientações necessárias para seu caso.


A plaquetopenia ou trombocitopenia é um nível excepcionalmente baixo de plaquetas no sangue. As plaquetas, também chamadas trombócitos são células sanguíneas que bloqueiam a hemorragia obstruindo os vasos sanguíneos danificados e que ajudam na coagulação do sangue. Pessoas com baixos níveis de plaquetas sangram e apresentam manchas rochas com facilidade.

Causas
As plaquetas e os glóbulos vermelhos e brancos são produzidos na medula óssea, tecido esponjoso encontrado no interior dos ossos grandes. Alguns tipos de quimioterapia podem danificar a medula de forma que ela deixe de produzir a quantidade necessária de plaquetas. A trombocitopenia causada pela quimioterapia é geralmente temporária. Outros medicamentos também podem reduzir o número de plaquetas, além disso, o corpo de uma pessoa pode produzir anticorpos contra as plaquetas, reduzindo o número de plaquetas. A radioterapia sozinha não causa trombocitopenia, a menos que seja dada uma alta dose de radiação na região pélvica, e o paciente esteja recebendo quimioterapia, ao mesmo tempo, ou se o câncer disseminou para os ossos.
A trombocitopenia, também, pode ocorrer quando as células de câncer, como leucemia ou linfoma, diminuem o número de células normais da medula. Apesar de raro, a trombocitopenia pode ocorrer quando outros tipos de câncer, como próstata ou mama, disseminam-se para a medula. E, embora menos frequente o câncer do baço também pode causar trombocitopenia.
Sinais e Sintomas
Pessoas com trombocitopenia podem:
  • Apresentar sangramentos de forma inesperada.
  • Apresentar manchas vermelhas ou roxas sob a pele.
  • Ter sangramento pelo nariz ou gengivas.
  • Sentir-se mais pesado que o habitual no período menstrual.
  • Evacuar com sangue.
  • Vomitar sangue.
  • Ter dor de cabeça.
  • Sentir vertigem.
  • Ter dor nas articulações ou músculos.
  • Sentir fraqueza.
Na maioria das vezes, esses sintomas só ocorrem quando o nível de plaquetas está muito baixo. Muitos pacientes não sabem que têm trombocitopenia até que seja diagnosticado no exame de sangue. Em caso de apresentar qualquer sintoma da trombocitopenia avise o médico imediatamente.
Diagnóstico e Tratamento
A trombocitopenia é diagnosticada na contagem de plaquetas de uma amostra de sangue. As pessoas com câncer ou em tratamento de câncer realizam exames de sangue em intervalos regulares, para avaliar a trombocitopenia e outras complicações.
As pessoas que apresentam queda de plaquetas durante o tratamento quimioterápico podem ter necessidade de uma diminuição da dose ou um intervalo maior entre os ciclos de quimioterapia. Devido ao risco de sangramento, a cirurgia é geralmente retardada até que a contagem de plaquetas esteja num nível normal.
Devido ao risco de hemorragia, as pessoas com nível baixo de plaquetas podem receber transfusões de plaquetas. No entanto, as transfusões de plaquetas só duram cerca de três dias, e alguns pacientes podem necessitar transfusões múltiplas. Além disso, pacientes em tratamento quimioterápico podem receber granulokine para prevenir trombocitopenia grave.
Considerações
O médico pode fazer algumas recomendações, se o nível das plaquetas estiver baixo, para evitar problemas:
  • Não beber álcool ou tomar qualquer outro medicamento, alguns medicamentos podem piorar a hemorragia.
  • Usar escova de dente macia e não usar fio dental.
  • Assoar o nariz delicadamente com um lenço macio.
  • Ter cuidado ao manusear tesouras, facas, agulhas ou ferramentas.
  • Fazer a barba com barbeador elétrico.
  • Evitar contato com esportes e atividades que possam causar ferimentos.
Dicas
  • Escove os dentes com uma escova macia sem realizar movimentos muito bruscos que possam provocar alguma lesão nas gengivas, bochechas ou língua.
  • Ao assuar o nariz não sopre com muita força para evitar o rompimento de um vaso e ocasionar um sangramento.
  • Tome muito cuidado ao manipular objetos cortantes com tesouras, facas, assim como objetos com ponta.Ao fazer a barba prefira máquina elétrica ao invés de navalha ou lâminas.
  • Use sapatos ou um tipo de calçado que proteja seus pés.
  • Em caso de sofrer um corte, acidentalmente, não se alarme, pressione o local firmemente por um período de tempo razoável para parar o sangramento, no caso do sangramento persistir procure assistência médica.
  • Não utilize fio dental para a limpeza dos dentes.
  • Não realize atividades físicas ou esportes que possam lhe expor a alguma lesão.
  • Não use roupa apertada.
  • Converse com seu médico antes de tomar qualquer medicamento, suplemento alimentar, vitaminas ou chás, apenas ele poderá orientar sobre o que pode ou não tomar.
  • Lembre que o médico irá solicitar exames de sangue de controle, e no caso das plaquetas estarem baixas é possível que seja indicada uma transfusão de plaquetas ou que se postergue por um tempo o tratamento quimioterápico.
obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:http://www.oncoguia.org.br/conteudo/plaquetopenia/214/109/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla