sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

A FAMÍLIA E SUA RELAÇÃO COM OS CUIDADORES DE IDOSOS PROFISSIONAIS



A FAMÍLIA AJUDA NO TRABALHO DO(A) 












CUIDADOR(A) PROFISSIONAL QUANDO:

• auxilia no cuidado para com a pessoa idosa;
• supervisiona as suas funções, sem interferir, dando-lhe condições para realizar o seu trabalho;
• reconhece seus direitos e deveres;
• trata-o como um profissional, respeitando os seus direitos trabalhistas (férias, décimo-terceiro, custeio de transporte e alimentação e carteira assinada, por exemplo);
• incentiva e dá oportunidade para o cuidador se capacitar, fazendo novos cursos e oferecendo material didático sobre cuidar de idosos.

A FAMÍLIA DIFICULTA O TRABALHO DO(A) CUIDADOR(A) PROFISSIONAL QUANDO:

• abandona a pessoa idosa ou fica ausente às necessidades dela, deixando o cuidado somente por conta do cuidador;
• interfere muito no trabalho do cuidador, impossibilitando ou atrapalhando suas funções;
• coloca o cuidador no meio das brigas e disputas familiares;
• quando determina que realize tarefas que não são de sua competência e nem inerentes a sua atividade (trabalho também de empregada doméstica, por exemplo);
• não respeita o acordo trabalhista firmado, na carteira profissional, pagando menos que o salário mínimo, não custeia transporte e alimentação, por exemplo.
Dr. Márcio Borges - geriatra
Aconselhamento para famílias de idosos de alta dependência

A FAMÍLIA E SUA RELAÇÃO COM OS CUIDADORES DE IDOSOS PROFISSIONAIS

A FAMÍLIA AJUDA NO TRABALHO DO(A) CUIDADOR(A) PROFISSIONAL QUANDO:
• auxilia no cuidado para com a pessoa idosa;
• supervisiona as suas funções, sem interferir, dando-lhe condições para realizar o seu trabalho;
• reconhece seus direitos e deveres;
• trata-o como um profissional, respeitando os seus direitos trabalhistas (férias, décimo-terceiro, custeio de transporte e alimentação e carteira assinada, por exemplo);
• incentiva e dá oportunidade para o cuidador se capacitar, fazendo novos cursos e oferecendo material didático sobre cuidar de idosos.

A FAMÍLIA DIFICULTA O TRABALHO DO(A) CUIDADOR(A) PROFISSIONAL QUANDO:
• abandona a pessoa idosa ou fica ausente às necessidades dela, deixando o cuidado somente por conta do cuidador;
• interfere muito no trabalho do cuidador, impossibilitando ou atrapalhando suas funções;
• coloca o cuidador no meio das brigas e disputas familiares;
• quando determina que realize tarefas que não são de sua competência e nem inerentes a sua atividade (trabalho também de empregada doméstica, por exemplo);
• não respeita o acordo trabalhista firmado, na carteira profissional, pagando menos que o salário mínimo, não custeia transporte e alimentação, por exemplo.


obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:https://www.facebook.com/cuidardeidosos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla