Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




domingo, 16 de outubro de 2016

O QUE VEM PRIMEIRO: ATAQUES CARDÍACOS OU DIABETES?

Câncer de Mama masculina e outubro Rosa.jpgUm trabalho apresentado no último Congresso da American Heart Association, em junho de 2014, mostrou mais alguns dados que nos permitem avaliar as complexas e perigosas associações entre ataques cardíacos e diabetes.
Reconhecer e tratar a doença de forma precoce previne complicações cardiovasculares. Nada menos que 10% dos pacientes tiveram seu diabetes diagnosticado enquanto estavam hospitalizados para o tratamento de ataques cardíacos.
O estudo analisou dados de 2.800 pacientes com ataques cardíacos que não tinham sido diagnosticados com diabetes. O estudo foi desenvolvido em 24 hospitais americanos. Um dado do estudo ainda mais preocupante mostrou que menos de 1/3 dos pacientes que tiveram o diagnóstico comprovado durante a hospitalização receberam alta hospitalar acompanhada de uma orientação educacional ou mesmo um tratamento adequado visando o controle do diabetes.
Além disso, também foi altamente preocupante o fato de que os médicos atendentes não reconheceram a presença do diabetes em 69% desses pacientes previamente não diagnosticados antes da hospitalização. A probabilidade desses médicos reconhecerem a presença do diabetes seria 17 vezes maior se eles tivessem solicitado a realização de um simples teste de hemoglobina glicada como componente importante do conjunto de medidas diagnósticas aplicáveis a pacientes admitidos por problema de ataques cardíacos. 
Muito embora o teste isolado de glicemia possa mostrar alteração no momento do diagnóstico, o fato é que, em muitos casos, a glicemia isolada pode estar normal. Quando consideramos não apenas a glicemia isolada mas, sim, a glicemia média, representada pelos valores do teste de hemoglobina glicada, melhoramos consideravelmente a probabilidade de detectar o diabetes em pacientes hospitalizados e até então ainda não diagnosticados com a doença.
Para complicar a situação, a American Heart Association ressalta o fato de que duas entre três pessoas com diabetes morre de doença cardíaca. Muito embora a histórica polêmica sobre o eventual papel do diabetes mal controlado no aumento do risco cardiovascular, vários estudos têm demonstrado uma correlação bastante provável entre essas duas condições clínicas.
E você, o que acha que vem primeiro: o ataque cardíaco ou o diabetes?
Participe deste debate. Manifeste sua opinião.
Fontes
American Heart Association. News Release. June 3, 2014. Which Comes First: Heart Attacks or Diabetes?
Diabetes in Control. 06 June, 2014 and appeared in Cardiovascular, Issue 732. Disponível em:http://www.diabetesincontrol.com/articles/53-/16432-which-comes-first-heart-attacks-or-diabetes. Acesso em 11 de agosto de 2014.

Dr. Augusto Pimazoni Netto
Coordenador do Grupo de Educação e Controle do Diabetes do Hospital do Rim – Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP 
E-mail: pimazoni@uol.com.br
obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs
Carla
http://www.diabetes.org.br/diabetes-em-debate/776-o-que-vem-primeiro-ataques-cardiacos-ou-diabetes


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla