Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




segunda-feira, 31 de outubro de 2016

VERDURAS, QUANTO MAIS VERDE MELHOR

Publicado por  

out 3, 2016 |  

Verduras, quanto mais verde melhorEspinafre, rúcula, brócolis, almeirão, agrião, couve, escarola e folha de mostarda, são as folhas de cor verde-escuras mais comuns no prato do brasileiro. Ricas em minerais (Ferro, Potássio, Enxofre, Cálcio e Magnésio) e vitaminas K e do complexo B, como o ácido fólico, essas hortaliças são fontes de fibras solúvel e insolúvel, contribuindo assim com o equilíbrio da glicose. Além disso, esses tipos de legumes também apresentam mais nutrientes e substâncias biotivas, que são compostos químicos que diminuem o risco de ter câncer e de doenças cardiovasculares, do que as verde-claras, que são mais ricas em fibras, porém não tem minerais que se destaquem.
Outra função desses legumes e verduras milagrosos é a geração de energia que eles proporcionam devido à grande quantidade de complexo B. “Indivíduos que tem diabetes são beneficiados por essas vitaminas, pois elas aliviam o cansaço, muito comum nos portadores da disfunção”, acrescenta a nutricionista clínica Débora Almeida.
A profissional recomenda que em todas as refeições tenha algum tipo desses alimentos. “Variar o cardápio é importante, e sempre incluir alguma hortaliça é fundamental. Até no café da manhã as folhas podem cair bem, como um suco de couve, por exemplo”, ressalta Almeida.
Apesar de pertencerem ao mesmo grupo de alimentos, cada alimento regulador apresenta propriedades e características diferentes.  Veja abaixo:
ESPINAFRE – Quem sofre de anemia e desnutrição pode usar e abusar da comida predileta do personagem de desenho Popeye. A hortaliça, originária da Ásia, é saborosa e fonte de Cálcio, Fósforo, Potássio e Magnésio. Contém em abundância Ferro e vitaminas A e B2. A iguaria pode ser servida cozida, como bolinho, em sopas, suflês, omeletes, como ingrediente de massas de macarrão, de quiche, de tortas e até de pastéis.
RÚCULA – Nativa do Mediterrâneo e Ásia Ocidental, a rúcula é rica em vitaminas A, C, fibras, proteínas, Potássio, Ferro e Enxofre. Tem ação antianêmica, antiasmática, antiescorbútica (previne contra hemorragias), depurativa (elimina toxinas do corpo), digestiva, diurética e aperiente (abre o apetite). Contudo, não deve ser consumida em excesso, pois pode causar enjoos e vômitos. Pode ser servida de diversas formas: refogada e cozida, como recheio de pizza, tortas, pães ou até mesmo crua na salada.
BRÓCOLIS – Oriunda da região do mediterrâneo, o legume contém poucas calorias por isso é recomendável em regimes de emagrecimento. Tem alto teor de vitaminas C e A, e assim torna-se um grande aliado na prevenção de gripes e resfriados.  Possui Fósforo, Ferro, Cálcio e fibras em ampla quantidade. Faz bem ao fígado por ser digestivo. Do mesmo modo, estudos apontaram que seu consumo regular é eficaz contra o câncer e no controle da diabetes tipo 2. Deve ser saboreado levemente cozido, com pouca água e por pouco tempo, para não perder os nutrientes e a textura.
ALMEIRÃO OU CHICÓRIA – Essa verdura nasceu na Europa, mas é cultivada em todo mundo, nela encontramos vitaminas A e E, Ferro, fibra e grande quantidade de ácido fólico. Esse último superimportante para as mulheres na idade fértil e durante a gestação porque auxilia na formação do tubo neural do bebê, a carência ou ausência desta vitamina pode causar a má formação do cérebro do feto. A iguaria é muita utilizada no tratamento do baço, vesícula biliar e no fígado porque tem a função de remover o excesso de gordura e álcool do organismo. Isso se dá através do componente existente que dá o sabor amargo ao alimento. O alimento também é uma importante aliado na diminuição do colesterol ruim LDL.
AGRIÃO – A hortaliça preferida dos gregos e romanos é proveniente do sudoeste asiático e tem alto potencial dos sais minerais Iodo, Enxofre, Fósforo e Ferro. É diurético, por isso faz bem para que tem diabetes. Esses minérios também são importantes para o bom funcionamento da glândula tireoide. Eles contribuem para a formação dos ossos e dentes e estão ligados à produção dos glóbulos vermelhos do sangue, além de evitar a fadiga mental. As demais funcionalidades da verdura estão ligadas ao combate ao ácido úrico, à tuberculose, ao raquitismo, à formação de pedras nos rins, às cistites e aos efeitos tóxicos da nicotina. Pode ser consumido cru em saladas, sozinho ou misturado com outras folhas.
COUVE – Essa folha surgiu na costa do Mediterrâneo e na região da Ásia Menor. Tem ação anti-inflamatória, cicatrizante, antioxidante, ajuda a eliminar a gordura do corpo, regula os hormônios, fortalece o sistema imunológico, desintoxica e melhora o humor. Tudo isso devido à grande concentração de vitaminas A, B e C, mais Ferro e Cálcio.  Uma das formas mais gostosa de saborear essa comida é refogada, como acompanhamento de um prato mais calórico, por exemplo a feijoada.
ESCAROLA – A origem dessa folha não se sabe ao certo, porém é muito consumida na Europa. É fonte de vitaminas A, B2 E B5. Contém Cálcio e Ferro. Possuí uma substância chamada inulina, o que facilita o trânsito intestinal e protege contra o câncer de cólon. Tem ação antioxidante, purifica o sangue e é indicada para aumentar a resistência do organismo contra infecções dos sistemas digestivo, urinário e respiratório. Pode ser saboreada crua ou cozida.
MOSTARDA – Nativa da África, a mostarda é uma hortaliça abastada de proteínas, vitaminas A, B2 e C, mais Cálcio e Ferro. Os maiores benefícios que traz para a saúde são as suas características emulsificantes e antioxidantes. A vitamina A, é responsável pela integridade da pele e das mucosas. Enquanto a B, é importante para o metabolismo do corpo. Mais ainda, a folha é rica em selênio, um nutriente importante que ajuda a reduzir os sintomas da asma. Para melhor aproveitar as suas vantagens ela deve ser degustada crua.


SOBRE O AUTOR

Projeto das jornalistas Letícia Martins e Bianca Fiori, o site Momento Diabetes foi lançado no dia 26/06/2016 com o objetivo de levar informação às pessoas com diabetes e seus familiares.

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs
Carla
http://www.momentodiabetes.com.br/2016/10/03/verduras-quanto-mais-verde-melhor/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla