Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




quarta-feira, 4 de maio de 2016

ALZHEIMER E DIABETES TIPO 2

doencas cronicas


Posted by 



A doença conhecida como doença de Alzheimer é a forma mais comum de demência. Ela é causada por danos aos tecidos do cérebro caracterizados pela morte lenta de populações inteiras de células. É uma doença progressiva, degenerativa que não tem cura conhecida.

Somente nos EUA, o número de casos de Alzheimer se aproxima de 6 milhões. Em uma base global nos próximos 30 anos, esse número deverá ser de 115 a 120 milhões de pessoas. Claro, o impacto será significativo nos custos com os cuidados da saúde e emocionalmente devastador para as famílias atingidas .

O diabetes tipo 2 é um fator de risco no desenvolvimento da doença de Alzheimer. A ligação entre essas duas doenças é clara, no entanto, não existe essa relação com diabetes tipo 1. Alguns relatórios indicam que, quando comparado a pessoas que não têm diabetes tipo 2, aqueles que são portadores dessa condição tem o dobro do risco de desenvolver a doença de Alzheimer .

As causas da doença de Alzheimer ainda são desconhecidas, nem podemos compreender plenamente a relação com o diabetes tipo 2. No entanto, hiperglicemia e questões relacionadas com a insulina provocadas pelo diabetes tipo 2 podem afetar o cérebro, criando assim um fator de risco:

1 – Diabetes e Alzheimer são caracterizadas por inflamação crônica, embora o local onde ocorre esse processo varie de acordo com a doença. Com a doença de Alzheimer, a inflamação ocorre no cérebro, enquanto que com o Diabetes, ocorre principalmente em vasos sanguíneos e gordura. Acredita-se que a inflamação causada pela hiperglicemia pode resultar em danos para as células do cérebro, predispondo assim o paciente com diabetes tipo 2 para a doença de Alzheimer.

2 – Células cerebrais não dependem de insulina para utilizar a glicose como fonte de energia. No entanto , a insulina é muito importante em funções metabólicas do cérebro como controlar muitos processos bioquímicos. A eficiência de insulina prejudicada que se observa em indivíduos com diabetes tipo 2 poderia favorecer o dano às células cerebrais, características da doença de Alzheimer.

3 – . Embora seja verdade que a nossa constituição genética pode nos predispor a essa e outras doenças, na maioria dos casos, o desenvolvimento dessas condições está ligado a fatores que podemos controlar. Um aumento dramático na incidência de ambos diabetes tipo 2 e doença de Alzheimer, sugere que estamos sendo expostos a fatores que favorecem o desenvolvimento dessas doenças. Falta de exercício , bem como uma dieta pobre certamente atuam como gatilhos para o desenvolvimento de qualquer doença.

Há muito a ser aprendido sobre as duas doenças, mas como a ciência continua a avançar e lançar luz sobre estas questões, não há absolutamente nenhuma dúvida de que tudo o que podemos fazer para melhorar a nossa saúde cardiovascular e endócrino irá resultar em uma vida melhor no presente e no futuro para nós e nossas famílias .

Hábitos de exercício saudáveis combinados com uma boa nutrição, são essenciais para prevenir ou gerir ambas as doenças. Ajustes nessas áreas ajudarão as pessoas com diabetes tipo 2 a controlar sua condição, evitando a ameaça iminente de demência.

Como último conselho, não negligencie o estimulo social e intelectual. Estas também são formas eficazes de proteger-nos do mal de Alzheimer!

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs

carla
extraído:http://diabetvbr.wpengine.com/alzehimer-e-diabetes-tipo-2/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla