domingo, 15 de maio de 2016

O QUE É NEUROPATIA DIABÉTICA GENITOURINÁRIA?

neuropatia diabetica




A Neuropatia Diabética Genitourinária constitui outra forma de neuropatia autonômica que ocorre em homens e mulheres com diabetes mellitus. Se desconhece a prevalência exata, já que a maior parte desses pacientes são assintomáticos. Acredita-se que mais da metade dos diabéticos que passam por complicações, podem vir a ter.
O impacto na inervação plexo lombossacral altera o bom funcionamento do sistema urogenital, provocando manifestações, tais como bexiga neurogênica e disfunção sexual.
Bexiga Neurogênica e Cistopatia: É caracterizada pela perda da sensação de enchimento da bexiga devido à diminuição da sensibilidade à distensão. 1 a cada 2 pacientes diabéticos vem a sofrer desta condição e os sintomas aparecem de maneira insidiosa, aumentando progressivamente. A principal indicação é a diminuição da frequência de micção, especialmente à noite, com o aumento da micção acima de 400 ml pela manhã. Posteriormente, estes indivíduos apresentam manifestações mais comuns como esvaziamento incompleto da bexiga, distensão da bexiga, estase urinária e em casos mais raros, incontinência urinária. Bexiga neurogênica é uma bexiga hipotônica e a presença de resíduo urinário miccional predispõe a infecções recorrentes do trato urinário, o que pode levar àinsuficiência renal em longo prazo. O diagnóstico pode ser feito por ultrassom, o qual mostra o resíduo urinário pós-miccional, ou cistometria que avalia as vias nervosas. Muitos casos merecem análises regulares com cateteres urinários para melhorar os sintomas.
Disfunção Sexual Masculina: Uma das características clínicas mais comuns. Muitas vezes é a primeira manifestação da neuropatia autonômica e diabéticos possuem três vezes mais chances de serem expostos. A causa é multifatorial, já que inclui neuropatia, doença vascular, desequilíbrio metabólico e fatores psicológicos. Baseia-se na alteração da ereção e ejaculação. A disfunção erétil é definida como a incapacidade consistente para atingir e manter uma ereção para permitir a relação sexual satisfatória. Deve estar presente durante vários meses eocorrer  em mais de 50% das situações para ser considerada como tal. A impotência, como é conhecida coloquialmente, pode progredir de parcial a completa em poucos anos, tornando-se irreversível. O tratamento da disfunção erétil já foi tratado em outros artigos da DiabeTV , mas consiste em mudança de hábitos, aconselhamento psicológico, a administração de medicamentos como Sildenafil, Tadalafil ou Vardenafil e, em última análise a colocação de próteses penianas . Por outro lado, os distúrbios de ejaculação são menos frequentes, são causados por perturbações do sistema nervoso simpático e são tratados sob rigorosa supervisão médica.
Disfunção sexual feminina: Se apresenta com o desejo sexual diminuído, anorgasmia (falta de orgasmo) e dispareunia (dor durante a relação sexual) pela lubrificação vaginal inadequada. Nós convidamos você a ler o artigo sobre como combater a secura vaginal publicada por DiabeTV.
A Neuropatia Autonômica Geniturinária é uma das complicações decorrentes do diabetes que pode ser evitada através do cumprimento das recomendações básicas. Uma dieta equilibrada, atividade física regular e controle glicêmico adequado, combinado com avaliação periódica do seu médico, te ajudarão a manter sua qualidade de vida e auto-estima.
obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs
Carla
extraído:http://blogbr.diabetv.com/o-que-e-neuropatia-diabetica-genitourinaria/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla