Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Coração. Sete números que tem mesmo de conhecer

http://cdn.bancodasaude.com/press/Fonte de imagem: Stillunfold

A saúde do coração não é uma questão de matemática, mas podia. Veja os números que deve ter sempre em conta.
Cuidar da saúde do coração é cuidar da saúde em geral. Trata-se do órgão central da vitalidade e aquele que jamais deve ser ignorado, especialmente na presença de possíveis sinais de alerta.
Cuidar da saúde do coração é uma tarefa diária e que deve ser levada a sério, até mesmo por todos os que pensam que têm uma saúde de ferro.
Além de um especial cuidado com a alimentação, é importante incluir na rotina diária a prática de exercício (nem que seja uma caminhada de 30 minutos) e tentar excluir o stress ao máximo. As emoções devem estar também equilibradas e as horas necessárias de sono devem ser respeitadas.
Mas existem alguns números que devem entrar nesta equação de cuidados. A saúde do coração não é uma questão de matemática, mas bem que podia e prova disso são os sete números apresentados pela Health e que devem ser do conhecimento geral.
80 e 90 centímetros. Este é o limite máximo da circunferência da cintura das mulheres e dos homens, respetivamente. Valores superiores a este indicam já um risco elevado de problemas de coração.
25. Este é o limite máximo do Índice de Massa Corporal (IMC). Quando o resultado excede a escala do saudável (ou seja, é superior ao 25), aumenta o risco de problemas cardíacos. O cálculo do IMC é feito com base na altura e no peso e pode ser feito facilmente online.
120/80 mmhg. Este é o valor máximo de pressão sanguínea para um coração se manter saudável.
100 mg/dl. O colesterol mau (LDL) não deve exceder este valor, sob a pena do coração ficar prejudicado.
60 mg/dl. Por seu turno, este é o valor mínimo de colesterol bom (HLD). Porém, deve-se tentar equilibrar entre o bom e o mau colesterol, apostando numa alimentação adequada e sempre sob o aconselhamento médico.
200 mg/dl. Este é o valor máximo de colesterol total. Mais do que isto faz aumentar consideravelmente o risco de ataque cardíaco.
150 mg/dl. Um coração saudável precisa que os triglicerídeos não ultrapassem este valor.

Referência
Daniela Costa Teixeira



obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs
Carla
http://www.bancodasaude.com/noticias/coracao-sete-numeros-que-tem-mesmo-de-conhecer/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla