Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

XV TRANSPORTE COLETIVO GRATUITO - Direitos dos Pacientes com Câncer



XV – TRANSPORTE COLETIVO GRATUITO MUNICIPAL E INTERMUNICIPAL
Decreto 34.753/92
Lei 11.250/92
Resolução Conjunta SS/STM 01/03
A legislação dispõe sobre a isenção de tarifas no sistema de transporte coletivo municipal e intermunicipal. Compreende Metrô, ônibus municipais, SPTrans, ônibus/micro-ônibus intermunicipais da EMTU e trens da CPTM.
Têm direito ao transporte coletivo gratuito as pessoas portadoras de deficiência física.
Atendimento ao usuário
Para obter a isenção tarifária nos três meios de transporte de responsabilidade da Secretaria dos Transportes Metropolitanos, o portador de necessidade especial deve procurar os seguintes postos de atendimento:
METRÔ
Para obter o bilhete especial do Metrô, a pessoa portadora de deficiência física, impedida de exercer uma atividade profissional, deve dirigir-se a um dos postos credenciados pela Secretaria do Estado da Saúde, para passar por um exame médico. O posto emitirá um Laudo e Isenção Tarifária.
Av. General Olímpio da Silveira, s/nº, Estação Marechal Deodoro – Loja 1
Tels.: 3179-2000, ramal 36.436, ou 3179-2073
CPTM
Estação Barra Funda da Linha A (Brás-Francisco Morato), de segunda a sexta-feira, exceto feriados, das 8h00 às 16h00.
Tel.: 0800-055-0121

ÔNIBUS MUNICIPAIS
Dirigir-se a qualquer destas subprefeituras para inscrição:
Aricanduva – Rua Eponina, 82 – Vila Carrão / Tel.: 2294-0988
Butantã – Rua Ulpiano da Costa Manso, 201 / Tel.: 3739-4978
Capela do Socorro – Rua Cassiano dos Santos, 499 / Tel.: 5666-9688
Campo Limpo – Rua N. S. do Bom Conselho, 51 / Tel.: 5513-6201
Freguesia do Ó – Rua João Marcelino Branco, 95 / Tel.: 3984-2576
Itaquera – Rua Gregório Ramalho, 103 / Tel.: 2944-7983
Lapa – Rua Guaicurus, 1.000 / Tel.: 3801-4126
Penha – Rua Candapuí, 492 / Tel.: 6958-3125
Perus – Rua Ylídio Figueiredo, 349 / Tel.: 3918-4467
Santana/Tucuruvi  – Av. Tucuruvi, 808 / Tel.: 2982-0150
São Mateus – Av. Ragueb Chohfi, 1.400 / Tel.: 6962-2118
São Miguel – Rua Ana Flora Pinheiro de Souza, 76 / Tel.: 2297-0634
Sé II (Shopping Light) – R. Xavier de Toledo, 23 – 1º Piso – Loja 108 / Tel.: 3237-4473
Terminal Santo Amaro – Av. Padre José Maria, 400 / Tel.: 5685-7071
Vila Mariana – R. José de Magalhães, 450 / Tel.: 5549-3678

ÔNIBUS INTERMUNICIPAIS
Dirigir-se a um posto de saúde para perícia médica.
EMTU
Av. Eng° Armando de Arruda Pereira, 2.654, de segunda a sexta-feira, exceto feriados, das 8h00 às 16h00.
COMO OBTER O BENEFÍCIO
Metrô
Documentos necessários:
– relatório médico do local em que faz tratamento;
– laudo médico com data máxima de três meses, devendo constar endereço e telefone do hospital, clínica ou posto de saúde, CID (Código Internacional de Doenças), carimbo e assinatura do médico e respectivo número do CRM;
– Laudo de Isenção Tarifária (perícia médica do posto de saúde);
– documentos pessoais (RG, CPF, Carteira de Trabalho);
– Certidão de Nascimento, quando menor de idade sem RG;
– comprovante de residência recente (conta de luz, água, telefone, etc.).
Procurar uma estação do Metrô habilitada, pelo telefone 3179-2073.
Transporte intermunicipal (ônibus, micro-ônibus, trólebus da EMTU e trens da CPTM)
Documentos necessários:
– relatório médico do local em que faz tratamento;
– laudo médico com data máxima de três meses, devendo constar endereço e telefone do hospital, clínica ou posto de saúde, CID (Código Internacional de Doenças), carimbo e assinatura do médico e respectivo número do CRM;
– Laudo de Isenção Tarifária (perícia médica do posto de saúde);
– documentos pessoais (RG, CPF, Carteira de Trabalho);
– Certidão de Nascimento, quando menor de idade sem RG;
– comprovante de residência recente (conta de luz, água, telefone, etc.).
Para retirar a carteirinha de ônibus e micro-ônibus, dirigir-se ao Terminal Barra Funda.
Para trólebus da EMTU e trens da CTPM, dirigir-se ao Terminal Jabaquara.

Ônibus municipais
Documentos necessários:
– relatório médico do local em que faz tratamento;
– laudo médico com data máxima de três meses, devendo constar endereço e telefone do hospital, clínica ou posto de saúde, CID (Código Internacional de Doenças), carimbo e assinatura do médico e respectivo número do CRM;
– documentos pessoais (RG, CPF, Carteira de Trabalho);
– Certidão de Nascimento, quando menor de idade sem RG;
– comprovante de residência recente (conta de luz, água, telefone, etc.).
LEVAR OS DOCUMENTOS ORIGINAIS E UMA CÓPIA DE CADA UM.

O PACIENTE DEVERÁ COMPARECER PESSOALMENTE, POIS SERÁ FOTOGRAFADO PARA EMISSÃO DA CARTEIRINHA.
Após análise (30 dias), será encaminhada carta-resposta, pelo correio, com a carteirinha ou a negativa do benefício.
Em caso de negativa, poderá haver recurso. Não se conforme com qualquer negativa.
Você ainda pode discutir judicialmente.
Lembre-se: o benefício poderá ser estendido a um acompanhante, dependendo da dificuldade física apresentada pelo beneficiário, de acordo com avaliação da perícia médica.
Todas as crianças (até 11 anos, 11 meses e 29 dias) têm direito a acompanhante.
Deficientes
A relação de patologias que autorizam a concessão do benefício foi publicada no DOM (Diário Oficial do Município) de 12/5/2000 e complementada no DOM de 16/2/2001.
Os deficientes devem apresentar a carteirinha emitida pela SPTrans ao motorista do ônibus e efetuar o embarque e desembarque pela porta dianteira do veículo.
Deficiência Visual
Deverá ser apresentado o Laudo com o Exame de Acuidade Visual (A/V) com perda mínima de 80% da visão, bilateral.
Deficiência Auditiva
Além dos documentos pessoais obrigatórios, é necessário que os estudantes de escolas especiais para surdos apresentem também comprovantes de matrícula e frequência regular e audiometria com parecer conclusivo do fonoaudiólogo ou médico, carimbado e assinado em papel timbrado original.
Os demais deverão apresentar no mínimo deficiência auditiva severa ou profunda bilateral, conforme a classificação do Bureau International d’Audiophonologie – BIAP (acima de 70 decibéis).

obs. conteúdo meramente informativo : procure informação mais detalhada em sua Cidade e/ ou Estado cada qual tem suas legislação.
abs
Carla
http://www.combateaocancer.com/xv-transporte-coletivo-gratuito-municipal-e-intermunicipal/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla