Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Tudo o que precisa de saber sobre a Pré-Diabetes

http://cdn.bancodasaude.com/press/Fonte de imagem: Men's Healt

O diagnóstico de pré-Diabetes é o primeiro sinal de alerta para uma possível progressão da doença.
A pré-Diabetes é, tal como o nome indica, o sinal que antecede um possível diagnóstico de Diabetes. Na prática, quando uma pessoa tem pré-Diabetes é porque tem os níveis de açúcar no sangue elevados, mas não ao ponto de ser diagnosticado com Diabetes tipo 2.
Para que seja dado um diagnóstico de pré-Diabetes, os valores de glicemia em jejum devem estar entre os 100 e os 125 mg/dl de sangue, sendo que o paciente passa a ser considerado diabético quando a glicemia no sangue excede os 126 mg/dl.
Ao primeiro sinal de pré-Diabetes, o paciente deve fazer uma análise ao seu estilo de vida e perceber quais são os maus hábitos que podem estar a impulsionar o aparecimento da doença. Na grande maioria dos casos, fazer algumas alterações a nível alimentar (excluindo os alimentos fritos, com gordura, sal e açúcar em excesso, assim como os produtos processados e refrigerantes) e adotar um estilo de vida mais ativo pode ser o suficiente para travar esta disposição para a Diabetes. Porém, o uso de fármacos não é de todo excluído, como conta a revista Prevention no seu site.
De acordo com a médica Deena Adimoolam, “o estilo de vida é o principal tratamento para a pré-Diabetes” e são várias as formas de conseguir travar a doença.
Uma das maneiras mais eficazes de prevenir a pré-Diabetes e/ou de não deixar que seja classificada como Diabetes é através do controlo do peso, que deve manter-se num nível saudável e sem que apresente grandes acumulações de gordura, especialmente a nível abdominal.
Avaliar os níveis de vitamina D é também um método de prevenção e até tratamento a ter em conta, uma vez que as pessoas que apresentam uma maior carência desta ‘vitamina do Sol’ são duas vezes mais predispostas a ter Diabetes, lê-se na publicação.
O desregulamento das hormonas da tiroide também podem impulsionar o aparecimento da doença, assim como o sedentarismo, que anda cada vez mais de ‘braço dado’ com a obesidade.
Como não poderia deixar de ser, os cuidados com a alimentação são fundamentais e, por isso, as pessoas devem optar pelas gorduras boas (como a do abacate ou frutos secos) e por seguir uma dieta variada, equilibrada e que dê o devido ênfase aos alimentos no seu estado mais natural.
Procurar um médico para perceber o que causa a má qualidade do sono e o aparecimento da pré-Diabetes é também importante, visto que a apneia do sono está fortemente ligada a esta doença.
Referência
Daniela Costa Teixeira



obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs
Carla
http://www.bancodasaude.com/noticias/tudo-o-que-precisa-de-saber-sobre-a-pre-diabetes/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla