Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




quinta-feira, 13 de março de 2014

Câncer de Sítio Primário Desconhecido


O câncer pode disseminar-se a partir do local onde se inicia para outras partes do corpo. Os tumores têm sempre o nome do órgão ou local de origem, independentemente para que local do corpo que se espalhou. Por exemplo, um tumor de pulmão que se espalha para o fígado é classificado como câncer de pulmão, e não como câncer de fígado.

Às vezes não está claro o local onde determinado câncer se originou. Quando o tumor é detectado como uma ou mais metástases, mas o local primário não pode ser determinado, ele é denominado câncer de sítio primário desconhecido. Isto ocorre em uma pequena fração de cânceres.

Eventualmente alguns exames podem localizar o local do tumor primário. Quando isso acontece, eles não são mais considerados primários desconhecidos e são renomeados e tratados de acordo com o tipo de câncer de origem. 

Por exemplo, uma pessoa tem um gânglio linfático aumentado no pescoço, quando ele é retirado e analisado, não se assemelha aos cânceres que normalmente começam nos gânglios linfáticos. Ele deveria ser considerado um câncer de sítio primário desconhecido. Entretanto, a análise sugere que esse tumor se iniciou na boca, garganta ou laringe. Quando esta área é examinada, encontra-se um pequeno câncer de laringe. A partir daí, que deixa de ser primário desconhecido e o paciente vai receber o tratamento para câncer de laringe.

Em muitos casos, a origem do tumor não é determinada. Mesmo com uma pesquisa completa não é possível identificar o local de início. Muitas vezes quando os médicos fazem autópsias em pacientes que morreram de câncer com sítio primário desconhecido, não encontram o local onde a doença começou.

Quando um tumor é encontrado, é natural querer saber a origem. Mas a principal razão para saber o local do tumor primário é para orientar o tratamento. Isto é especialmente importante para determinados tipos de câncer que respondem bem à quimioterapia ou medicamentos hormonais específicos.

No entanto, mesmo se o local primário não é conhecido, ainda assim, o tratamento pode ser benéfico.

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico.
Postarei mais informação.
abs,
Carla
extraído:http://www.oncoguia.org.br/conteudo/sobre-o-cancer/3986/148/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla