Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




quinta-feira, 13 de março de 2014

Hemoglobina Glicada A1c - Reflexões sobre a Hemoglobina Glicada A1c

*Esse texto é apenas uma pesquisa e algumas observações de uma mãe tentando entender o exame de hemoglobina glicada de uma filha... São considerações e comentário que podem ter sido mal interpretados por minha leiga visão!!!! Médicos endocrinologistas, Patologistas e demais: Se encontrarem alguma "baboseira" no texto, por favor corrijam!!!!
Júlia fez  no último dia 12  três meses de bomba de insulina... 
Então, semana passada fizemos o exame trimestral da Hemoglobina Glicada... 
Quando saiu o resultado de 7,9%,  juro que o sentimento foi de "um banho de água fria"... 
Na hemoglobina anterior ao uso da bomba de insulina o resultado tinha sido de 8%... Como podia depois de 3 meses e de uma melhora absurdamente visível nos seus controles, a HbA1c ainda continuar praticamente a mesma coisa????

Abro um parênteses aqui para explicar a nossa Rotina diária: 
Fazemos pelo menos 8 Dextros diários.... 
1 -Começando às 6 da manhã
2 - Na escola de 9 da manhã
3 - No almoço perto de meio dia
4 - Às 15hs no lanche da tarde
5 - No Jantar perto de 18hs
6 - Uma pós Jantar de 21hs
7 - De meia noite
8 - De 3 da madrugada
Isso sem contar que vez ou outra precisamos medir entre esses horários....

Fazendo a média desse dextros (mesmo contando o último mês como 50% de peso no valor total como na tabela abaixo) dá um valor entre 150mg/dl e 160mg/dl - o que segundo a tabelas divulgadas em estudo Pela Sociedade Brasileira de Diabetes e Pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia - equivaleria a uma média de HbA1c de 7% de hemoglobina glicada.

Impacto das Glicemias mais recentes versus as "mais antigas"
Fonte: Atualização sobre Hemoglobina Glicada A1c 2009 - SBD , SBEM e SBPC
Não me conformei!!!!! Não tinha como não ficar desconfiada!!!!!! 
Júlia precisou então fazer outros exames de sangue por outros motivos, então 4 dias após esse exame que deu 7,9% repetimos o teste HbA1c, desta vez em um laboratório diferente...
Resultado: HbA1c de 6,8%...... Sim!!!!! A diferença foi de gritantes 1,1%!!!!!

E agora???? Em qual deles confiar????????????
Não cortei conversa..... Fui estudar e pesquisar para tentar entender o motivo de tanta diferença!!!!!!!!!

Achei muita coisa interessante sobre Hemoglobina glicada e vou citar aqui algumas descobertas e reafirmações que achei interessante para que todos saibam e que passem a refletir e a entender um pouco mais....

1. Mesmo dizendo que é a mesma coisa, descobri que Hemoglobina "Glicada" é diferente de Hemoglobina "Glicosilada" - O processo de “glicação” de proteínas envolve uma ligação não enzimática e permanente com açúcares redutores como a glicose, ao contrário do processo de “glicosilação”, que envolve uma ligaçãoenzimática e instável.
Moléculas de glicose ligadas às moléculas de hemoglobina formando a hemoglobina Glicada
Fonte: Atualização sobre Hemoglobina Glicada A1c 2009 - SBD , SBEM e SBPC
2. Existem vários tipos de hemoglobina. A HbA1 é das formas de HbA em que mais se juntam os açucares e Carboidratos, e por isso é ela que se refere a hemoglobina Glicada propriamente dita...  Ela se liga a Glicose por meio de uma ligação estavel e irreversível, portanto bem confiável... 
Fonte: Atualização sobre Hemoglobina Glicada A1c 2009 - SBD , SBEM e SBPC

3. O impacto das glicemias recentes é maior do que o das mais antigas sobre o nível da A1c como já foi mostrado na imagem lá no início da postagem - "A glicação da hemoglobina ocorre ao longo de todo período de vida do glóbulo vermelho que é de aproximadamente 120 dias.Porém dentro desses 120 dias a glicemia recente é a que mais influencia o valor da A1c"
Não achei nada referente a se as glicemias pré-exames (tipo do dia do exame) podem chegar a influenciar nos valores da hemoglobina glicada...

4.  Existem dois estudos diferentes para a correlação entre o nível de A1c e os níveis médios de Glicose sanguínea (A1c (%) x Glicemia média estimada - GME (mg/dl)) - O estudo DCCT e o Estudo ADAG. O segundo estudo (ADAG) é o considerado mais atual (é a revisão do primeiro) e o que chega mais perto da GME real, portanto a mais adotada, Inclusive pela Sociedade Brasileira de Diabetes.
Existe uma fórmula bem interessante para descobrirmos o valor da Glicemia média estimada em relação a
HbA1c:
28.7 x HbA1c – 46.7 = GME

Assim, dando o exemplo das ultimas da Júlia:
Usando o resultado de 7,9% - 28.7 x 7,9-46.7 = 180,3 mg/dl
Usando o resultado de 6,8% - 28.7 x 6,8-46.7 = 148,4 mg/dl

Nesse link da ADA já dá um valor automático da GME: Clique aqui

5. Em crianças e adolescentes, as metas são diferentes...
Metas de A1c para Crianças e adolescentes segundo a ADA
Fonte: Atualização sobre Hemoglobina Glicada A1c 2009 - SBD , SBEM e SBPC
6. Existem métodos diferentes para a análise da A1c e com isso temos que tomar muito cuidado... Temos que escolher um laboratório que possua métodos confiáveis e que seja certificado pelo NGSP( National Glycohemoglobin Standardization Program (NGSP)). Foi com o intuito de evitar problemas na interpretação dos níveis de A1C obtidos pelos diversos métodos laboratoriais que esse programa foi criado promovendo assim uma padronização das determinações do teste de A1C.
Em um texto do Jornal Brasileiro de Patologia, achei o seguinte trecho:
"É desejável que os laboratórios utilizem métodos certificados pelo NGSP, e é importante ressaltar que a cromotografia líquida de alta eficiência (HPLC) não é o único método disponível para dosagem da hemoglobina glicada. Vários outros conjuntos diagnósticos que utilizam métodos não-HPLC também são certificados. Os seguintes métodos também foram avaliados pelo NGSP: imunoensaio turbidimétrico, eletroforese, cromatografia de troca iônica e enzimático.

A participação do laboratório em programas de ensaio de proficiência é fundamental para garantir a qualidade do resultado. No Brasil, o Programa de Excelência para Laboratórios Médicos (PELM) da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML) oferece um programa específico para avaliação de desempenho em hemoglobina glicada."
Isso quer dizer que os dois laboratórios em que fizemos exames tem métodos certificados: O primeiro tem o método cromatografia de troca iônica (Trivelli modificado) e o segundo Imunoensaio Turbidimétrico. Acredito que sendo Certificado, não existe método mais ou menos confiável.... A certificação serve para isso! Os valores de referências de todos os métodos certificados pelos NGSP são iguais...

A diferença realmente não faz sentido!!!!!

Achei interessante também expor essas duas tabelinhas que explicam os princípios de cada método para qualificar a HbA1c e suas comparações:

Fonte: http://www.scielo.br/pdf/jbpml/v42n3/a07v42n3.pdf

7. Existem alguns fatores clínicos do paciente que interferem nos resultados da HbA1c:
Alguns conjuntos diagnósticos para a dosagem da Hemoglobina
Fonte: Atualização sobre Hemoglobina Glicada A1c 2009 - SBD , SBEM e SBPC

Conclusões para a nossa realidade.......
Um valor de HbA1c de 7,9 como deu no primeiro laboratório, equivale a uma média glicêmica de 180 a 190mg/dl. Apesar de saber que não é a mesma coisa, não consigo aceitar que a MGE (média glicêmica estimada) de um HbA1c seja tão diferente da nossa média de Dextros. 
Pedi para repetir o exame, exatamente porque achei muito estranho o resultado pois de acordo com o controle glicêmico que Júlia mostra nas tabelas (com 8 a 10 pontas de dedo diárias) dá uma média de 150 a 160mg/dl... O que daria uma Hemoglobina em torno de 7%...
O segundo exame que deu 6,8% de hemoglobina Glicada está bem mais perto da nossa realidade clínica... A média glicêmia deu 148,4mg/dl...
Não é porque está mais baixo não, mas estou confiando mais no segundo!!!! 6,8%......

Segundo a tabela mostrada um pouco antes, Como Júlia está numa faixa de 0-6 anos de idade a hemoglobina desejada está  entre 75% e 8,5%... Então na verdade, não tenho muito com o que me preocupar quanto a isso.... Ela em ambos resultados, está dentro da faixa esperada para a idade.

O que importa na verdade é que a bomba de insulina foi uma mega evolução em NOSSA qualidade de vida! Júlia é com certeza uma criança muito mais feliz, muito menos estressada, e com uma rotina muito mais normal.... Resultados virão como consequência!!!!!!

Fonte principais de Pesquisa:

- Atualização sobre Hemoglobina Glicada (A1c) para Avaliação do controle glicêmico e para o diagnóstico do diabetes: aspectos clínicos e laboratoriais. Grupo interdiciplinar de padronização da hemoglobina Glicada - posicionamento oficial 2009. SBD, SBEM, SBPC/ML e FENAD

- A importância da determinação da hemoglobina glicada no monitoramento das complicações crônicas do diabetes Mellitus. andrea Fabro de Bem e Juliana Kunde, Junho 2006. 
-Qual o real valor da dosagem da hemoglobina Glicada (A1c)? Dr. Antônio Roberto Chacra. Revista Brasileira de patologia e medicina laboratorial. 2008.

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:http://jujubadiabetica.blogspot.com.br/2011/10/reflexoes-sobre-hemoglobina-glicada-a1c.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla