sexta-feira, 21 de março de 2014

Tratamento Radioterápico do Câncer de Sítio Primário Desconhecido


O tratamento radioterápico utiliza radiações ionizantes para destruir ou inibir o crescimento das células anormais que formam um tumor. Existem vários tipos de radiação, porém as mais utilizadas são as eletromagnéticas (Raios X ou Raios gama) e os elétrons (disponíveis em aceleradores lineares de alta energia). 

Para alguns tipos de câncer que não se disseminaram a distância, a radioterapia pode ser realizada sozinha ou junto com outros tratamentos, como a cirurgia, com objetivo curativo.

Se o câncer está disseminado, a radioterapia é administrada para aliviar sintomas como dor, hemorragia, dificuldade de deglutição, obstrução intestinal, compressão de vasos sanguíneos ou nervos pelo tumor e lesões provocadas aos ossos por metástases.

Existem diferentes tipos de tratamentos radioterápicos:


  • Radioterapia Externa - A radioterapia externa ou radioterapia convencional consiste em irradiar o órgão alvo com doses fracionadas. O tratamento é realizado cinco vezes na semana, durante um período de algumas semanas a meses. Este é o tipo de tratamento radioterápico mais comumente utilizado.  

  • Braquiterapia - A braquiterapia ou radioterapia interna, ao contrário da radioterapia que trata o órgão alvo com feixes de radiação externos (a longa distância), utiliza fontes de radiação interna (a curta distância). Na braquiterapia o material radioativo é colocado, por meio de instrumentos específicos, próximo à lesão tumoral.


Possíveis Efeitos Colaterais da Radioterapia

Os efeitos colaterais podem variar de paciente para paciente e dependem da dose de radiação e da região do corpo irradiada.

Efeitos colaterais gerais:

  • Fadiga.
  • Perda de apetite.
  • Diminuição das contagens sanguíneas.
  • Alterações na pele.
  • Perda de cabelo.


Efeitos colaterais da região da cabeça e pescoço:

  • Dor de garganta.
  • Feridas na boca.
  • Problemas de deglutição.
  • Perda do paladar.
  • Rouquidão.
  • Boca seca.


Efeitos colaterais no tórax:

  • Problemas de deglutição.
  • Dor e irritação do esôfago.
  • Irritação pulmonar.
  • Falta de ar.
  • Tosse.


Efeitos colaterais no abdome:

  • Náuseas.
  • Vômitos.
  • Diarreia.
  • Falta de apetite.


Efeitos colaterais na pelve:

  • Irritação da bexiga.
  • Dor ao urinar.
  • Irritação do reto e ânus.
  • Diarreia, sangramento e dor.
  • Irritação vaginal e corrimento.


Muitos destes efeitos tendem a desaparecer dentro de algumas semanas após o término do tratamento. Quando a radioterapia é administrada simultaneamente com a quimioterapia, os efeitos colaterais podem ser mais intensos.

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:http://www.oncoguia.org.br/conteudo/tratamento-radioterapico-do-cancer-de-sitio-primario-desconhecido/5051/680/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla