quinta-feira, 27 de março de 2014

Outros Medicamentos para o Câncer de Sítio Primário Desconhecido


Alguns medicamentos que podem ser utilizados para tratamentos do câncer de sítio primário desconhecido são:


  • Bisfosfonatos


Os bisfosfonatos são medicamentos usados para ajudar a fortalecer e reduzir o risco de fraturas e dores nos ossos enfraquecidos por um câncer metastático. Exemplos incluem o pamidronato e o ácido zoledrônico. Eles são administrados por via intravenosa.

Os bisfosfonatos podem ter efeitos colaterais, incluindo sintomas do tipo gripal e dor óssea. Eles também podem conduzir a problemas renais, portanto pacientes com função renal alterada não podem ser tratados com estes medicamentos.

Um efeito colateral raro, mas muito importante dos bisfosfonatos é a osteonecrose. (Ela pode ser desencadeada ao retirar um dente durante o tratamento com bisfosfonato). Muitas vezes aparece como uma ferida aberta na mandíbula que não cicatriza. Ela pode levar à perda de dentes ou infecções do osso da mandíbula.

Ainda não se sabe por que isso acontece ou a melhor maneira de tratá-lo, além de interromper o uso de bifosfonatos. Manter uma boa higiene bucal com uso de fio dental, escovação e com exames dentários regulares podem ajudar a prevenir a osteonecrose. A maioria dos médicos recomenda que os pacientes com câncer façam acompanhamento odontológico periódico e tratem qualquer problema dentário antes de começar a tomar um bisfosfonato.


  • Denosumabe


O denosumabe é um anticorpo monoclonal usado para ajudar a reduzir o risco de fraturas e outros problemas causados pela disseminação do câncer para os ossos. É administrado como injeção subcutânea, uma vez por mês.

Os efeitos colaterais incluem baixos níveis séricos de cálcio e fosfato, bem como problemas com o osso maxilar inferior conhecida como osteonecrose da mandíbula. Este medicamento não parece afetar os rins, portanto é seguro para pacientes com problemas renais.


  • Octreotide


Este medicamento está relacionado com a somatostatina, hormônio natural, que parece retardar o crescimento de células neuroendócrinas. Se o tumor libera hormônios na corrente sanguínea, esta droga pode barrar a liberação dos hormônios. Pode também impedir o crescimento do tumor ou reduzi-lo. O octreotide é administrado como injeção por via subcutânea pelo menos duas vezes por dia. A versão recente de ação prolongada é administrada por via intramuscular uma vez por mês. Um medicamento similar, lanreotide, também está disponível, também é administrado como injeção uma vez por mês. Esses medicamentos são utilizados para tratar os tumores receptores de somatostatina.


obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs,
Carla
extraído:http://www.oncoguia.org.br/conteudo/outros-medicamentos-para-o-cancer-de-sitio-primario-desconhecido/5055/680/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla