sábado, 17 de dezembro de 2016

A CONITEC RECOMENDA A INCORPORAÇÃO DAS INSULINAS ANÁLOGAS DE AÇÃO RÁPIDA PARA OS PACIENTES COM DIABETES TIPO 1


Imagem relacionada

Informações sobre prevenção e tratamento do…
DIABETES.ORG.BR|POR AMANDA

A Sociedade Brasileira de Diabetes compartilha a notícia importante que a CONITEC recomendou a incorporação das insulinas análogas de ação rápida pelo SUS para os pacientes com diabetes tipo 1. O próximo passo será o acolhimento da recomendação pelo Secretário de Ciências, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde. Este é o resultado da união de pessoas, sociedades médicas, associações e entidades representativas de pessoas com diabetes em torno de um objetivo comum: melhorar a insulinoterapia das pessoas com diabetes tipo 1 do Brasil.
Historicamente tivemos conquistas importantes que merecem ser citadas como a incorporação das insulinas humanas na época que eram disponibilizadas insulinas de origem animal e a disponibilização de glicosímetros e fitas reagentes para a glicemia capilar. Nas últimas décadas houve uma evolução importante da insulinoterapia. Mas, estes avanços terapêuticos não são disponibilizados às pessoas com diabetes tipo 1 dependentes do SUS, tendo como consequência o controle glicêmico inadequado destes pacientes.
Em janeiro de 2014 o Dr. Walter Minicucci criou o Departamento de Saúde Pública da Sociedade Brasileira de Diabetes, na época, coordenado pela Drª Karla Melo que passou a trabalhar em conjunto com o Departamento de Farmacoeconomia da SBD, coordenado pela Drª Luciana Bahia. Foi estabelecida como prioridade destes departamentos a melhoria do tratamento de pessoas com diabetes tipo 1 do nosso país e estavam unidos por este objetivo a ADJ – Brasil, ANAD, FENAD, SBD, SBEM e SBP. Foram realizadas reuniões com a CONITEC, participações em congressos, audiências públicas e elaborado o dossiê para solicitação de incorporação das insulinas análogas rápidas de autoria da SBD e subscrito pelas sociedades e entidades citadas acima. O dossiê, submetido à CONITEC em 18/05/2016, contém a revisão sistemática da literatura com a análise dos estudos comparativos entre as insulinas análogas de ação rápida e a insulina humana regular, coordenada pela Drª Karla Melo e a análise econômica, coordenada pela Drª Luciana Bahia, com o apoio irrestrito e fundamental do Dr Luiz Alberto A. Turatti, atual Presidente da SBD.
Este processo teve como característica principal a união em prol de um objetivo comum que fortaleceu a solicitação. Durante a sua evolução houve fases importantes como a submissão do dossiê, a mobilização da sociedade civil e de profissionais da saúde e a resposta à Consulta Pública da CONITEC, com a participação de parceiros fundamentais em cada uma dessas etapas.
A SBD gostaria de agradecer a todos os envolvidos neste processo e em particular a(o): Dr Alexandre Hohl, Drª Beatriz D. Schaan, Carlos Augusto da Costa, Drª Clarice A. Petramale, Dr Fadlo Fraige Filho, Drª Debora Aligieri, Dr Denizar V. Araújo, Gustavo Porfírio Nogueira, Drª Hermelinda C. Pedrosa, Drª Jeruza L. Neyeloff, Dr Luiz Eduardo Calliari, Vanessa V. Pirollo, Dr Walter Minicucci e a Diretoria da SBD do biênio 2016-2017.
Dra Karla Melo (Representante da SBD para os Projetos de Insulinas Análogas)
Drª Luciana Bahia (Departamento de Economia da Saúde e Saúde Pública)
Dr Luiz A. A. Turatti (Presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes)

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs
Carla
http://www.diabetes.org.br/a-conitec-recomenda-a-incorporacao-das-insulinas-analogas-de-acao-rapida-para-os-pacientes-com-diabetes-tipo-1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla