Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

CONTROLAR O DIABETES INFANTIL DURANTE O NATAL

natal com diabetesPoucos feriados são tão apreciados pelas crianças como o Natal, por esta razão é importante que os pais levem em consideração algumas dicas, a fim de garantir que estes dias corram bem para as crianças com diabetes. A chave para manter o seu filho feliz durante o Natal é ter a certeza de que ele permanecerá saudável, sem se sentir deixado de fora devido à sua condição. Isso pode ser relativamente fácil de ser alcançado, se você seguir algumas sugestões:

  • Prepare atividades alternativas: Ao invés de preparar biscoitos com o seu filho no Natal, faça atividades alternativas que não prejudiquem a sua saúde. Por exemplo, a elaboração de enfeites ou decoração da árvore são ótimas maneiras de fazê-lo se sentir incluído;
  • Ajude-os com a nutrição: Isso pode parecer fácil se você for o anfitrião durante o Natal e puder decidir o que vai ser preparado. Se você pretende passar em outro lugar, comece conversando com a criança alguns dias antes a respeito de sua saúde e alimentação;
  • Monitore os níveis de açúcar no sangue de seu filho: Apesar de seus esforços, as pessoas em geral, tendem a comer mais durante os feriados. Mantenha um olhar atento sobre o seu filho durante o Natal para garantir que seus níveis de açúcar no sangue permaneçam estáveis;
  • Promova uma atividade física: As celebrações de Natal permitem muitas vezes a reunião de um grande número de familiares e amigos. Por isso é um bom momento para promover atividades físicas que todos podem participar e manter o seu filho envolvido em alguns desses jogos;
  • Mais importante ainda, permita-lhes entregar-se, mas não muito: Mesmo os adultos possuem dificuldades em manter suas dietas e hábitos de saúde durante as férias. Permita que seu filho aproveite este dia, mas certifique-se de que ele não esta ultrapassando seus limites;
A criança não deve se sentir deixada de fora no Natal só porque ele ou ela possui diabetes, mas ao mesmo tempo é necessário conciliar dieta, saúde e bem estar emocional. 

Seguindo apenas algumas dessas sugestões durante este dia pode garantir a felicidade de todos. Como sempre, nós incentivamos você a conversar com o seu médico sobre o gerenciamento de saúde do seu filho diabético durante os feriados.

obs.
Carla
http://blogbr.diabetv.com/controlar-o-diabetes-infantil-durante-o-natal/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla