Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

ESTUDO APONTA QUE CONSUMO SEMANAL DE CHOCOLATE REDUZ RISCO DE DIABETES


Feliz Natal cheio de Saúde, Paz, Alegria,Amor, Esperança!!




os flavonoides do cacau, encontrado em maiores quantidades no chocolate escuro, são responsáveis pela sua saúde e benefícios cognitivos
Os flavonoides do cacau são encontrados em maiores quantidades no chocolate escuro
Uma nova pesquisa do Estudo Longitudinal Maine-Syracuse (MSLS) confirma que as pessoas que comem chocolate pelo menos uma vez por semana têm menor prevalência de diabetes e estão em menor risco para o diagnóstico de diabetes quatro a cinco anos mais tarde.
O estudo também indica que a relação entre a frequência do  pode ser devido a uma escolha ativa por parte dos diabéticos. Por exemplo, os diabéticos podem optar por reduzir a sua frequência de consumo de chocolate em um esforço para reduzir os doces, observou os pesquisadores, que publicaram suas descobertas na revista Appetite .
A equipe de pesquisa foi liderada pela nutricionista e psicóloga Georgina Crichton, da Universidade da Austrália do Sul e pelos pesquisadores psicólogos da Universidade de Maine, Merrill “Pete” Elias, Peter Dearborn e Michael Robbins. A pesquisa foi apoiada pelo Instituto Nacional de Saúde e pelo Conselho de Pesquisas Médicas, da Austrália.
O estudo MSLS que contou com 908 participantes não-diabéticos e 45 diabéticos residentes na comunidade descobriu que pessoas que comeram o chocolate menos de uma vez por semana tiveram duas vezes maior risco de  em comparação com aqueles que comeram o chocolate mais do que uma vez por semana. O consumo maior que uma vez por semana não diminuiu ainda mais o risco.
As pessoas que nunca ou raramente comeram o chocolate tinham quase o dobro do risco de ter diabetes cinco anos mais tarde, em comparação com aqueles que comiam chocolate mais do que uma vez por semana.
Uma relação de causa e efeito entre o consumo de chocolate e diabetes não havia sido estabelecido em qualquer estudo na literatura, mas em sua pesquisa, os pesquisadores do estudo MSLS concluíram que uma relação bidirecional não pode ser descartada, em que pequenas quantidades de chocolates protegem contra a diabetes, mesmo que alguns indivíduos diabéticos tivessem comido pequenas quantidades de chocolate.
Depois de 2000, quando os  do chocolate tornaram-se amplamente conhecidos, pessoas que comeram quantidades moderadas de chocolates tiveram menos incidência de diabetes em desenvolvimento. De fato, o estudo mostra que o número de novos casos de diabetes mellitus não subiu significativamente para os próximos quatro a cinco anos.
Os pesquisadores do MSLS enfatizaram que os seus dados não argumentaram contra uma relação causal entre o consumo de chocolate e o desenvolvimento da diabetes. Mas eles apontam que a direção da associação pode ser revertida em alguns indivíduos.
“Independentemente do sentido da relação entre o consumo de chocolate e  mellitus, o consumo de chocolate por pelo menos uma vez por semana parece ser uma ótima sugestão para aqueles que não têm restrições especiais sobre o chocolate, visto este trazer benefícios para a saúde e melhorar o desempenho cognitivo”, diz Elias, um dos líderes do MSLS.
No estudo MSLS, quantidades específicas do chocolate comido não foram medidas. No entanto, os resultados de vários estudos sugerem que o consumo moderado de cerca de uma onça (ou 25 gramas) de chocolate uma vez por semana, ou seja, cerca de um terço de uma barra de chocolate típica, pode estar associado a benefícios para a saúde, tais como redução da rigidez arterial e melhor desempenho cognitivo.
Não está claro se os benefícios do chocolate estão limitados ao chocolate escuro. Existe ampla hipótese de que os flavonoides do cacau, encontrado em maiores quantidades no chocolate escuro, são responsáveis pela sua saúde e benefícios cognitivos. Elias aponta que os estudos clínicos são necessários para estabelecer se somente o  é benéfico.
Este é o mais recente estudo colaborativo envolvendo a Universidade de Maine e pesquisadores da Universidade de South Australia usando o estudo MSLS para examinar os benefícios de saúde , incluindo o aumento da função cognitiva.

Referência:
  1. Georgina E. Crichton et al. Ingestão habitual de chocolate e diabetes mellitus tipo 2, no Maine-Syracuse Estudo Longitudinal: (1975-2010): observações em perspectiva, Appetite (2017). DOI: 10.1016 / j.appet.2016.10.008
Jornal de referência: Appetite
pesquisa e mais informaçõessite
Oferecido pela Universidade de Maine
 obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs
Carla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla