Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




sábado, 3 de dezembro de 2016

Dória afirma não haver motivos para gratuidade aos idosos com renda

29/11/2016 16h10 - Atualizado em 29/11/2016 16h24

Dória afirma não haver motivos para gratuidade aos idosos com renda



Ele reforçou que estuda mudanças em benefícios do transporte público.
Prefeito eleito do São Paulo esteve em evento da FNP, em Campinas.

Do G1 Campinas e Região
Prefeito eleito de SP em encontro em Campinas (Foto: Reprodução/ EPTV)Prefeito eleito de SP em 
encontro em Campinas (Foto: Reprodução/ EPTV)

Em visita a Campinas (SP) para a 70ª reunião geral da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), nesta terça-feira (29), o prefeito eleito de São Paulo (SP), João Doria (PSDB), disse não haver motivos para gratuidade para idosos com renda no sistema de tranporte público.
"Não faz sentido nem justiça dar gratuidade para quem tem renda. Gratuidade deve ser oferecida na circunstância já existente para aqueles que mais precisam e não aos que não precisam", afirmou.
Não faz sentido nem justiça dar gratuidade para quem tem renda. Gratuidade deve ser oferecida na circunstância já existente para aqueles que mais precisam e não aos que não precisam"
João Doria, prefeito eleito
Na semana passada, a equipe do prefeito já havia afirmado que estudava cortar a gratuidade nos ônibus da capital paulista dos idosos que têm entre 60 e 64 anos, mas ainda não se aposentaram.
A possibilidade foi levantada pelo futuro secretário municipal de Transportes, Sérgio Avelleda, para reduzir os gastos da Prefeitura.
No entanto, o prefeito eleito ainda não havia falado sobre o assunto até esta terça-feira.
"Estamos avaliando de 60 a 65 anos, talvez, o aumento para 65 e mantendo de 60 a 65 aqueles que estão desempregados. Os que têm renda, neste caso, não há necessidade de você subsidiar", explicou o prefeito.
João Doria, prefeito eleito de SP, discursa para prefeitos em Campinas (Foto: Reprodução EPTV)
João Doria, prefeito eleito de SP, discursa para
prefeitos em Campinas (Foto: Reprodução EPTV)
Sem aumento
No encontro em Campinas, Doria ainda reforçou sua promessa de campanha e disse que as passagens deverão permanecer em R$ 3,80 no próximo ano.

"A passagem em São Paulo será mantida em 3,80 até o final de 2017. Não haverá aumento", explicou.
Ele destacou ainda que o problema do transporte coletivo não é específico da capital. "Atinge todas as grandes cidades brasileiras, mesmo as médias cidades também sofrem com a questão do transporte coletivo", afirmou.
O prefeito eleito disse também que está buscando um sistema de transporte coletivo que seja mais eficiente, mas custe menos. "Gastar menos e economizar recursos para aplicação no transporte coletivo", ressaltou.
Controle
O prefeito eleito disse também que já solicitou à secretaria da Fazenda mecanismos que ajudem a evitar fraudes no sistema de benefícios do transporte coletivo.

"É preciso melhorar o controle, obviamente, que não pode admitir um descontrole que leve a situação de fraude, quem paga isso é o munícipe, através da prefeitura. [...] a secretaria da Fazenda está fazendo isso junto com a de Justiça", pontua.
Encontro de prefeitos
Sobre o encontro em Campinas, Doria disse que a reunião é importante para estabelecer objetivos em comum, que ajudam na busca por uma gestão mais eficiente para os prefeitos eleitos.

"Os objetivos daqui não são objetivos das grandes cidades, são objetivos das cidades, por isso que nós estamos aqui, para apoiar a Frente Nacional de Prefeitos e as iniciativas que daqui sairão", finalizou.

Prefeitos se reuniram para discutir a crise e as receitas das prefeituras, em Campinas (Foto: Vaner Santos / EPTV)Prefeitos se reuniram para discutir crise e receitas das prefeituras em Campinas(Foto: Vaner Santos / EPTV)
obs. conteúdo informativo procure seu médicoabsCarlahttp://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2016/11/doria-afirma-nao-haver-motivos-para-gratuidade-aos-idosos-com-renda.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla