Será Natal???

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...
Mas, será que poderia me dar uns minutos da sua
atenção?
Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você. Há uma correria generalizada...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas, confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Que familiares e pessoas que  se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação se reconciliem.
Mas, porque você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: Para que tanta correria?
Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: Viva Jesus. Feliz Natal!
E os sóbrios comentam: É louco!
E a cidade se prepara... Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
Natal é fraternidade...
Mas o Natal também é união...
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem na Terra deu origem ao Natal...
E, finalmente, o Natal é pura expressão de amor...
Gratidão!!!
abs.fraternos
Carla




sábado, 31 de dezembro de 2016

Válvulas Cardíacas implantadas sem intervenção cirúrgica

http://cdn.bancodasaude.com/press/
Quinta, 29 de Dezembro de 2016



Fonte de imagem: YouTube
O Centro de Referência Nacional para as Cardiopatias Congénitas do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) realizou com êxito mais duas implantações de válvulas cardíacas em posição pulmonar por via percutânea.
"Esta técnica permite, em casos bem selecionados e após apreciação em reunião médico-cirúrgica, com critérios muito rigorosos, colocar válvulas biológicas no coração de doentes, sem qualquer intervenção cirúrgica", explicou à agência Lusa o médico Eduardo Castela, diretor daquele centro e também do Serviço de Cardiologia Pediátrica.
Segundo o especialista, esta técnica é realizada através de punção com agulha de uma veia femoral, que permite a introdução de cateteres adequados ao procedimento, que acaba por ser muito mais rápido e menos dispendioso do que a tradicional cirurgia.
O cirurgião António Marinho da Silva, que chefiou a equipa responsável pela implantação das válvulas, referiu que os dois doentes, de 17 e 25 anos, já tinham sido operados em criança à artéria pulmonar, com a aplicação de uma prótese humana (enxerto de fragmentos de cadáver).
"O enxerto humano acaba por calcificar e obstruir a artéria que leva o sangue aos pulmões, tornando-a disfuncional. Esta técnica vem dispensar que sejam operados de novo", disse o médico.
António Marinho da Silva explicou ainda que se tratam de válvulas biológicas "que não causam rejeição e que se aguentam décadas", ultrapassando os 20 anos sem qualquer problemas.
Por outro lado, segundo o especialista, esta técnica evita a cirurgia, que é uma solução mais cara e que obriga o doente a, pelo menos, uma semana de internamento no hospital.
No caso da implantação das válvulas cardíacas em posição pulmonar por via percutânea, os pacientes têm alta dois dias depois após o procedimento médico, retomando a sua vida diária sem qualquer limitação.
Esta intervenção envolveu os Serviços de Cardiologia-Pediátrica, de Cardiologia A e de Anestesiologia do CHUC e foi realizado por uma equipa de médicos nacionais e internacionais, de enfermagem e técnicos hospitalares, chefiada por António Marinho da Silva.

obs. conteúdo meramente informativo procure seu médico
abs
Carla
http://www.bancodasaude.com/noticias/valvulas-cardiacas-implantadas-sem-intervencao-cirurgica/


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc é muito importante para mim, gostaria muito de saber quem é vc, e sua opinião sobre o meu blog,
bjs, Carla